quinta-feira, junho 26, 2008

Dito e Feito


Este modesto blog tem motivos para estar muito feliz.
A jornalista Thaiana Sarti, do jornal A Tribuna de Vitória (no Espírito Santo) estava fazendo uma pesquisa na Internet sobre a origem de expressões que costumamos usar no cotidiano. E... chegou até aqui. Os que me acompanham há algum tempo sabem que eu tenho fascínio por pesquisar de onde surgiram estes ditos tão comuns. Recorro a livros e às pessoas que têm histórias pra contar. Além disso, faço minhas pesquisas aqui e acolá.
*
E sei que muitos dos que me honram com a presença neste meu velho guarda-louças de velhas emoções também apreciam estas histórias que narro. Podem acreditar, são todas legítimas e absolutamente verdadeiras! Não invento nada!
Mas eu falava da Thaiana. Pois é. O jornal que ela trabalha tem um caderno chamado Infograph que publica curiosidades nos domingos. Escolheram a origem das expressões para a edição do primeiro domingo de julho. Ela já me entrevistou e vai publicar algumas historinhas que escrevi por aqui. Claro, terá que ser de forma bem resumida. Mas ela me disse que me citarão e eu só posso ficar muito feliz por isso.
*

Para facilitar o trabalho da Thaiana, fiz algo que já pretendia fazer há algum tempo: relacionei todas as explicações que postei aqui, com links para os posts que fiz. Caso alguém aí queira saber como estes ditos se originaram, basta clicar em cima que vai cair na página do arquivo em que eles estão. Ainda dou o nome do post em que a expressão foi apresentada. Moleza, heim?
*
A Thaiana vai me passar o link para a página da internet em que a matéria vai ser publicada. Prometo postá-lo aqui para quem quiser dar uma olhadinha...
Eis a relação das 36 que publiquei até agora:
A voz do povo é a voz de Deus (no post de mesmo nome)
Será o Benedito? (no post de mesmo nome)
Ficar à toa (no post Dando corda)
É mais fácil um camelo passar por um buraco da agulha que um rico entrar no reino dos Céus (no post Dando corda)
O pior cego é o que não quer ver (no post Para seu governo, saiba que...)
Casa da Mãe Joana(no post Para seu governo, saiba que...)
No tempo do Onça (no post Morcegos e Onças)
Amigo da onça (No post Morcegos e Onças)
Pensando na morte da bezerra (No post Adeus, meu amor)
Não entender patavina (No post Quem não se comunica...)
Nhenhenhém (No post Quem não se comunica...)
Pagar o pato (No post O pato e o paquete)
Estar de paquete (No post O pato e o paquete)
Da pá virada (no post Se segura, malandragem)
Quem não tem cão, caça com gato (No post Se segura, malandragem)
Eles que são brancos que se entendam (No post Me inclua fora dessa)
Ficar a ver navios (No post Sebastião e Maomé)
Se a montanha não vem a Maomé, Maomé vai à montanha (No post Sebastião e Maomé)
Ser surdo como uma porta (No post Surdo como uma porta)
Bode expiatório (No post Isso dava o maior bode)
Entrar com o pé direito (No post Pé de pato, mangalô três vezes)
Bater na madeira (No post Pé de pato, mangalô três vezes)
Onde o Judas perdeu as botas (No post Estas botas foram feitas para caminhar)
Não me cheira bem (No post Cheiros e coxas)
Trabalhinho feito nas coxas (No post Cheiros e coxas)
Marido chifrudo (No post Dia de corno)
Com a corda toda (No post Tô que tô)
A pressa é inimiga da perfeição (No post Tô que tô)
Pôr em pratos limpos (No post Um atual mal passado)
A emenda saiu pior que o soneto (No post Um atual mal passado)
Gente de meia-tigela (No post Inflando o volume da bolsa escrotal)
O fim da picada (No post Inflando o volume da bolsa escrotal)
Para inglês ver (No post Papel de bobo)
Cair no conto do vigário (No post Os vigaristas)
Vá se queixar ao bispo (No post Cadê o bispo?)
Meter a mão em cumbuca (No post Mudando de prosa)

Valeu, Thaiana, obrigado!
M.S.
***********************************************
Na Rádio Antigas Ternuras, você ouve “Epitáfio”, com os Titãs.

22 comentários:

Moacy Cirne disse...

Parabéns pelo reconhecimento de suas pesquisas pela jornalista capixaba. De resto, uma postagem-sumário bastante útil para todos nós. Abraços.

Samara Angel disse...

oie meu querido Marco,como sempre aprendendo mais com seu bloguxo que adoro ,e sempre com novidades adoreiiiiiiiii ,vc é muito especial,me perdoa a ausencia,mas estou de volta ,e com muitas saudades daqui e de vc,deixo meu carinho e um lindo fim de semana,bjss
carpe din.bjss

DO disse...

É o reconhecimento do ótimo trabalho que vc nos brinda sempre por aqui,MARCO. Mas não se esqueça mesmo de colocar o link da matéria. Quero lê-la,claro!
abraços e otimo fds!

Dilberto disse...

Parabéns por esse trabalho bacana de garimpeiro das expressões (que, de acordo com este 'post', como diriam os mineiros, "é expressão pra mais de metro"!) e é sempre uma viagem de sentimentos transitar por qualquer caminho daqui! Tão logo pinte um tempinho maior, procurarei pelos posts que perdi através de teus links providenciais! Abração, primo!

guiga disse...

Como se costuma dizer em Portugal: Temos a papinha toda feita! lool
Coloca mesmo o link da entrevista porque quero ler! Sou tua fã! :D
Bom fim-de-semana!!!
Beijos *.*

Bosco Sobreira disse...

Meu caro Marco,
Estive fora da net por um longo tempo. Mudei-me de cidade (Camocim, próximo de Jericoaocara), e ainda estou às voltas com as dificuldades próprias dos recomeços. Ainda bem que o paraíso sempre ajuda...
Que bom poder voltar a te ler!
Um abração.

Lila Rose disse...

Parabéns, querido!!!
Da tua lista, acho que li todos! :)

Bisous.

Francisco Sobreira disse...

Caro Marco,
Faço minhas as palavras do nosso amigo Moacy. Já lhe disse mais de uma vez que gosto do que vc escreve, mas gosto especialmente dos seus textos que nos revelam a origem de certas expressões. Um abraço.

Lulu on the Sky® disse...

Nossa Marco vc desenterrou umas expressões q nem eu lembrava mais hahaha
Big Beijos

MARYAM disse...

Oi,AMIGO MARCO! Tudo bem?
Interessânte saber a origem das expressões qu usamos no nosso dia-a-dia!Parabéns pois vai aparecer na coluna do Jornal!
Vim agradecer a visita e dizer que tem mais capítulos novos no "Vidas da Vida".
"Eu gosto deste frio, dias cinzentos de inverno. Dias como estes nos deixam saborear a vida."
Um ótimo fim de semana!
Beijos, Maryam.

instantes e momentos disse...

Parabens pelo blog, e parabens tambem para quem o lê.
Vale a pena. Voltarei sempre.
Maurizio

Claudinha disse...

Olá Marco!
Parabéns pela entrevista e pelo sucesso. Tenho certeza de que o povo capixaba vai adorar saber das origens. Quanto à sua lista de links, basta adicionar marcador na hora da postagem ( o próprio blogger se encarrega de compilar pra você) e colocar os links do código dos marcadores na lateral para quem quiser acessar seu blog por assunto. Precisando de ajuda, pode contar.
Beijo!

Zeca disse...

Oi, Marco!
Parabéns pela matéria, pela entrevista e pelo sempre bem vindo reconhecimento do seu trabalho e do seu talento em nos ecantar com suas antigas ternuras, que são também nossas.
Obrigado pelo trabalho de apresentar esse resumão das origens das expressões. Ele será bastante útil, pois sempre pinta a dúvida: de onde surgiu isso? Basta chegar aquí e ficar sabendo!
Grande abraço.

benechaves disse...

Marco: meus parabéns pelo reconhecimento de suas pesquisas! E você 'tá que tá', hein?

Um abraço...

Márcia(clarinha) disse...

Uau!!
amigopratodavida, tô orgulhosa demais da conta por você, seu belíssimo trabalho de pesquisa merece todo reconhecimento e propaganda, parabéns!

E que trabalhão você teve para colocar todos os linkes aqui, putzzz...

Quero ver o jornal.
lindos dias
beijos

maristela disse...

Hehehe! Viu como isso dá samba?
Êpa! Mais uma pra você procurar.
E ainda está me devendo a do gato morto.
bj

Dora disse...

Marco. Você merece todas esse reconhecimento de seu talento, sua garra, sua empatia com as pessoas, seu jeito simpático de ser, sua cultura. E, principalmente, sua vocação nata de pesquisador. Pelo menos, nessa linha de cultura, que você atua...
Parabéns! Parabéns!
Muitas conquistas ainda virão!
E eu quero sempre aplaudir!
Abraço apertado!
Dora

Tina disse...

Oi Marco!

Cada dia mais famoso, né meu amigo?

Parabéns, é mais que merecido o seu reconhecimento.

beijo grande e boa semana,

garotabossanova disse...

Vc merece mais é ser citado mesmo! É tudo tão lindo e tão bom de ler por aqui.E sinto o carinho que vc tem na hora de escrever.Tudo isso volta um dia, como em cadeia. Um beijo!

Tom disse...

UIAAA!
Parabéns pelo reconhecimento, Marco!!!
Quando chegar aos píncaros da fama, não se esqueça 'di nóis', hein? hehehehe
Abração!

ps: sim, sou um grande fã dos Carpenters!

adelaide amorim disse...

É uma alegria ver um talento reconhecido, Marco. Fiquei feliz com a notícia, e espero que venham outras por aí :)
Beijos pra você e sucesso!

Mimi disse...

perdi alguns!

mas foram poucos!

Feliz e orgulhosa de ser eu, uma blog moça, amiga virtualmente tua.

Sabes que tuas vitórias são elogios? são sim!