quinta-feira, janeiro 10, 2008

Melhores e piores de 2007!


Eis que é chegado o momento de escolher os vencedores dos prêmios criados aqui no meu, no seu, no nosso Antigas Ternuras, aos que se destacaram na TV e no cinema, em 2007. O escritor que vos digita nunca escondeu ser um cinéfilo juramentado e um atento telespectador, desde tenra idade.
*

Comecemos, pois, pela televisão.

Na categoria Pior Programa da TV aberta, fazendo jus ao prêmio REFRIGERANTE SEM GÁS E SEM GELO, muitos são os indicados. Desde a primeira versão do prêmio, continuo indicando a programação de humor de todos os canais, com a honrosa exceção do Casseta e Planeta (que também não anda lá essas coisas...). De tudo de péssimo que assisti em 2007, continuo achando ZORRA TOTAL como o que de pior há. Na verdade, tem tempo que deixei de ver esta merda. Mas nas chamadas do programa vejo que ele continua uma bosta. Logo... prêmio de péssimo para ele!

Na categoria Pior Programa da TV a Cabo, também tem uma bagaceira braba concorrendo. Mas escolho aquele do lutador de crocodilo, o tal de Jeff Conway. Putz! O que é aquilo????? Leva o REFRIGERANTE SEM GÁS E SEM GELO com as honras da casa!
*
Entre os melhores programas do ano passado, na TV aberta, destaco alguns e até poderia indicar outros. Mas aplaudo os seguintes:
- Fantástico
- Por toda a minha vida
- Carga Pesada
E escolho para receber o prêmio PIPOCA FUMEGANTE...
POR TODA A MINHA VIDA.

Essa série de programas biografando nomes da música popular brasileira foi, na minha modéstia opinião, um ponto alto da TV no ano passado. Todos foram muito bem produzidos e representados, com destaque para o Renato Russo e o da Elis Regina.
Quero destacar alguns quadros do Fantástico como muito interessantes, a começar pelo de História com o Eduardo Bueno. Eu sou admirador confesso dele e inclusive já o disse pessoalmente ao cara.
Na TV a cabo, teria muitos destaques, mas vou indicar:
- Os Dez Mandamentos (Discovery Channel)
- Moonlight (Warner Channel)
- Jesus: O filho de Deus (Discovery Channel)
And the oscar goes to...

JESUS: O FILHO DE DEUS.

Esse programa apresentado no canal Discovery Channel foi maravilhoso. O que eu aprendi sobre as coisas do tempo de Cristo não está no gibi! Acho que vocês já perceberam que eu tenho um pequeno fraco por História, não é? E descobrir aspectos ocultos sobre o início da Era Cristã é uma de minhas mais antigas ternuras. Portanto... Palmas para o National Geographic!
Os “Dez Mandamentos” também foi notável! Um dia desses ainda faço um post sobre este programa. Moon Light é uma bela revelação entre as novas séries. Trata-se de um vampiro que virou investigador particular e é ajudado por uma jornalista. Muito bom. Eu quero destacar também as temporadas de Supernatural, Lost, 24 Horas, Smallville, Desperate Housewives, CSI Miami, Ghost Whisperer e os poucos episódios de Nightmares and Dreams, com roteiro de Stephen King.
*
Chegamos, então, ao cinema. Em 2007, resolvi fazer algo que já deveria ter feito há muito tempo: catalogar e fichar todos os filmes que assisti nos cinemas durante o ano. Podem acreditar: eu assisti a 99 filmes em 2007! E fiquei chateado de não ter chegado aos 100, como era a minha meta! E olhem que eu só contei os que vi em cinema! Os que vi em DVD ou na TV não entraram na minha contabilidade.
Já pensaram se eu tivesse feito essas anotações desde o primeiro filme que vi na vida? Em que número eu estaria? Acho que teria passado de três mil. Desde pequeno eu vou muito a cinema.
Na minha ficha, eu anotei o nome, o país de origem, o ano, o diretor, a sala de cinema em que o assisti, quando, um pequeno resumo, os principais atores e minha classificação. De forma geral, classifiquei os filmes em ruim, regular, bom, muito bom e excelente. Mas às vezes, classificava como "divertido", "bom entretenimento", "confuso", "complicado", "lamentável" e "fofinho" (no caso, como chamei o filme "Miss Potter").
Algumas estatísticas: do total, 62% foram produções norte-americanas, 13% filmes brasileiros, 8% franceses, 7% ingleses e os demais se dividem em produções da Alemanha, Coréia, Romênia, Espanha, Tailândia, Itália, Portugal, China e Nova Zelândia.
*
Para o prêmio REFRIGERANTE SEM GÁS E SEM GELO, que costumo dar aos piores filmes que assisti neste ano, temos entre os estrangeiros:
- Homem-Aranha 3 (EUA, 2007, dir. Sam Raimi)
- Possuídos – (EUA, 2006, dir. William Friedkin)
- Viagem a Darjeeling (EUA, 2007, dir. Wes Anderson)
A parada é dura para escolher um deles. Todos são muito, muito ruins. Mas escolho para o prêmio REFRIGERANTE SEM GÁS E SEM GELO de PIOR FILME DE 2007...
POSSUÍDOS.

A série Homem-Aranha tem sido lamentável. Detestei todos os três. Mas tenho que reconhecer que este "Possuídos" é de dar nó em tripa de avestruz. Eu considero William Friedkin um diretor de méritos. Ele tem dois filmes no currículo que considero como excelentes: "O exorcista" e o excepcional "Operação França". Mas nesse "Possuídos" ele errou feio... Aí vai a súmula que escrevi sobre este (argh) filme:
Um homem misterioso inicia um relacionamento com mulher que tem problemas com o ex-marido. Ele a convence que tem insetos sobre a pele e que é tudo culpa do governo norte-americano, que o submeteu a pesquisas sem o seu consentimento. Com Ashley Judd, Michael Shanon, Lynn Collins, Brian F. O’Byrne.
Entre os brasileiros, só um filme mereceu minha classificação de ruim. E é com tristeza que eu entrego o prêmio REFIGERANTE SEM GÁS E SEM GELO de PIOR FILME DE 2007 a...
NOEL - O POETA DA VILA.

Sou ardoroso fã de Noel Rosa. Tenho a biografia dele escrita pelo notáveis João Máximo e Carlos Didier como um de meus melhores livros. Mas este filme é de amargar... Não consegui entrar no clima em momento algum. Fui amigo de duas ex-mulheres de Noel: a Ceci e a Lindaura. E não as reconheci de forma alguma nas atrizes que as representaram.
*

E agora, os Mejores! Tcham, tcham, tcham, tchaaaaaam....
Em 2007, 14 filmes receberam de mim a classificação de "Excelente": 4 produções norte-americanas, 2 francesas, 1 alemã, 1 anglo-franco-italiana e 5 produções brasileiras e uma brasileiro-suiço-finlandesa, o que de certa forma não deixa de ser uma agradabilíssima surpresa.
Para concorrer a MELHOR FILME ESTRANGEIRO DE 2007, indico os seguintes:
- A Rainha (Inglaterra/França/Itália, 2006, dir. Stephen Frears)
- Cartas de Iwo Jima (EUA, 2006, dir. Clint Eastwood)
- Um Lugar na Platéia (França, 2006, dir. Danièle Thompson)
- No Vale das Sombras (EUA, 2007, dir. Paul Haggis)
- A Vida dos Outros (Alemanha, 2006, dir. Florian Henckel von Donnersmarck).
Olha... Foi uma decisão difícil... Muito difícil... Mas o prêmio Pipoca Fumegante 2008 vai para...
A VIDA DOS OUTROS.

Eis o resumo do filme, conforme está na minha ficha:
Nos anos 80, quando a Alemanha ainda era dividida pelo Muro de Berlim, o bem-sucedido dramaturgo Georg Dreyman e sua companheira, a famosa atriz Christa-Maria Sieland, vivem em meio à elite intelectual da Alemanha Oriental. Quando o Ministro da Cultura se interessa pela atriz, o agente do serviço secreto Wiesler recebe a missão de observar o casal, passando a achar suas vidas e personalidades cada vez mais fascinantes. Com: Sebastian Koch, Martina Gedeck, Ulrich Mühe, Thomas Thieme.
O filme é esplêndido, transbordante de humanidade e sensibilidade. Venceu, com méritos, o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 2007. E agora o “Pipoca Fumegante 2007”.
*
Para o prêmio Pipoca Fumegante 2007, na categoria MELHOR FILME BRASILEIRO DO ANO, os indicados são:
- Carreiras (Brasil, 2005, dir. Domingos Oliveira)
- Encontro com Milton Santos ou o mundo global visto do lado de cá (Brasil, 2006, dir. Silvio Tendler)
- Brasileirinho – Grandes encontros do choro (Brasil/Suiça/Finlândia, 2007, dir. Mika Kaurismäki)
- Tropa de Elite (Brasil, 2007, dir. José Padilha)
- Jogo de Cena (Brasil, 2007, dir. Eduardo Coutinho).
Também não foi uma escolha fácil, mas tenho que me render aos fatos: "the winner is...
TROPA DE ELITE.

Na minha ficha, assim resumi o filme:
Um capitão do BOPE quer deixar o posto e busca um substituto, ao mesmo tempo em que dois amigos se destacam por sua honestidade como policiais. Com: Wagner Moura, Caio Junqueira, André Ramiro, Milhem Cortaz.
Acho que nem tenho muito a dizer, visto ser o filme brasileiro mais badalado do ano. E com absoluta justiça.
*
Bem, amigos da Rede Globo... Estes foram os meus melhores e piores do ano que findou. Imagino que vocês concordarão com algumas das citações e discordarão de outras. É sempre assim. Lista de melhores é que nem bunda: cada um tem a sua.
Até o proximo ano!
M.S.
***********************************************
Meus caros amigos: neste sábado (12), estarei fazendo mais uma noite de autógrafos de meu livro. Vai acontecer na Sede da Cia, de Teatro Contemporâneo, onde também atuo, a partir das 19h. Fica na Rua Conde de Irajá, 253, Botafogo, bem perto da Cobal Humaitá.
Após os autógrafos, estarei atuando na peça “O Cadillac Vermelho”, a partir das 21h. Quem quiser livro e peça paga um preço especial. Quem puder ir, vai me proporcionar uma enorme alegria.
***********************************************
Na Rádio Antigas Ternuras, você ouve “Over the Rainbow”, com a Glenn Miller Orchestra.

15 comentários:

Moacy Cirne disse...

Oi, por mais que se possa discordar dessa ou daquela indicação, seus "melhores" e "piores" constituem uma escolha sólida e coerente com suas ANTIGAS TERNURAS. Não vi tudo, evidentemente, mas parabenizo-o pelas escolhas, mesmo que, em alguns casos, sejam diferentes das minhas. Um abraço.

Tina disse...

Oi Marco!

Concordo com suas indicações, mas senti falta de "Heroes" (entre os melhores) naturalmente. Depois me diga se concorda.

beijos querido e bom fim de semana,

benechaves disse...

Oi, Marco: com sua irreverência contumaz, tanto no texto anterior como neste atual, sempre é salutar entrar aqui nos 'antigas ternuras'.E, evidentemente, gostei de sua definição de uma lista. Pois é... é como bunda mesmo, hein?(rs).
Olha: conheço pouco de sua seleção. E, ao contrário, nada vi em cinema que prestasse aqui em Natal. 99 filmes somente no cinema? Hum!... uma marca invejável. Logicamente que vc tem mais condições vivendo em uma cinema maior. Mas, o dvd me satisfaz na medida do possível.

Um abraço...

Claudinha disse...

Olá Marco!
Vejo que sua lista é fruto de bastante análise e discernimento. Não pude ver tudo o que viu, por falta de cinema aqui (que lástima) e por falta de tempo mesmo. Eu adorei Tropa de Elite,apesar de violento, assim como As Cartas de Iwo Jima. Não gosto mais do Fantástico, apesar que a série de História foi super divertida, super interessante. Quanto ao restante, fico devendo minha opinião. Li comentários sobre O Amor nos Tempos do Cólera e gostaria muito de ver uma cena romântica de dois velhinhos. Mas até chegar em dvd... O jeito é esperar.
Desejo um ótimo final de semana e sucesso em sua noite de autógrafos e na peça de teatro.
Beijo.

claudia disse...

Primeiro Lugar
Estou aprendendo essa música no teclado.
Bom estou tentando, visto que amo música mas não tenho dons musicais, é pura tecnica, mas descobri um enorme prazer nessa brincadeira, então toda vez que toca-la, vou me lembrar de vc.
Quanto a sua lista ( adoro a sua organização, quando crescer (rs) quero ser assim.
Assisti um montão de filmes esse ano também...uma delícia.
Mas não Tropa de Elite, o badalado...sabe o que acontece comigo, acabo lendo o resumo, etc...etc...e me desinteressando. Mas enfim ainda vou assistir.
Quanto ao Zorra Total eu concordo em genero, número e gráu. Eu simplesmente abomino esse programa. O que eu achei que melhorou muito, foi o Fantástico...acho que o programa está ótimo.
E tantos outros não é querido.
Mas está ótimo.
Anotei aqui alguns da tua lista e vou me esforçar para assistir.
Aqui deixo meu beijo no coração

Dilberto disse...

Rapaz, gostei muito das listas e, realmente, as adaptações de quadrinhos têm sido sofríveis... Vamos ver se o Roboco...Digo, Batman DK vem bacana! Melhor nacional concordamos, né, bem como nas internacionais - se bem que não citara nenhum dos três (Rainha, Iwojima e Vida) por não serem de 2007, mas de 2006, apesar de tê-los visto no ano passado, asism como você!

Uma dica de seu amigo: coloque a postagem dos comments numa janela à parte! Como minha conexão não é das melhores, geralmente demora muito pra carregar a página do commentblogspot e acabo perdendo meu comentário - como se deu para o post da semana passada, onde perdi um texto imenso que fiz elogiando tua crônica!

No mais, abração para o primo vitorioso de 2007 e quebre a perna na sua peça, com mais sucesso ainda para seu livro!

DO disse...

Gostei muito ,MARCO. Alias,fiquei com muita vontade de ter feito estas fichas dos filmes que já assisti,heheheh.
Fica pra próxima encarnação.

Fiquei muito curioso sobre esta série que vc citou : os dez mandamentos. Deve ser mesmo incrível.
Vou me informar.

Boa sorte hj na peça e na noite de autógrafos.
Se estivesse no Rio,certamente eu iria.

Grande abraço!!


http://www.ramsessecxxi.blogger.com.br

SOS online disse...

Passo por aqui para ir te conhecendo mais e mais...falas do meu Brasil atual e nada sei do que foi bom ou ruim pois fazem dois anos e 11 meses que não visito o Brasil. Que saudade !
Vou te ler mais um pouquinho, descansar a minha ausência nas palavras tuas. Fazem um bem para mim...
Deixo um grande abraço e muita paz.
Alda Inacio

Janaina Staciarini disse...

Ai, não gosto do Fantástico.
Amo o Cap. Nascimento!!!!
Adorei os indicados e premiados deste ano, Marco. Mesmo que não concorde, sempre gosto das leituras que faço por aqui.
Um beijo e um queijo.

Y. Y. disse...

queridooo! eu ainda não vi esse 'a vida dos outros' =( ainda não veio pra nenhuma sala aqui, mas jah vi trailers, nao vejo a hora! quanto aos filmes nacionais, o melhor foi saneamento básico, do jorge furtado, tbm com o wagner moura. exceleeeente filme! e em 2008 tomara que tenhamos uma lista beeeem extensa de filmes bons, neh?! :****

Fabi disse...

Oi Marco!
Tudo bem?
Adorei seus prêmios! Rsrsrs! Eu tb adoro Desperate Housewives, CSI Miami, Ghost Whisperer. Adorei os filmes vencedores! Zorra Total é um lixo mesmo! Concordo! Gosto muito tb do Fantástico! Ainda não vi alguns filmes que v citou por falta de tempo, mas vou ver agora nas férias!
Um beijo pra vc e sucesso nesta semana!

Renata disse...

Oi Marco!
Também adoro cinema, mas em 2007 infelizmente nem cheguei perto dos seus 99! Espero que 2008 seja diferente, aliás já está sendo, outro dia fui ver "meu nome não é johnny", que aliás com certeza vai ser um dos indicados ao pipoca fulmejante, né..

Bjos e ótima semana

Bruxinhachellot disse...

Não se sinto segura em avaliar os piores e melhores de 2007, pois não sou muito boa analista. Se gosto então gosto, se não gosto não vale a pena perder meu tempo.
Já depositei a quantia de dois livros em sua conta. Se ainda não leu o e-mail que te enviei, então dê uma olhadinha.

Sucesso e beijos do fruto.

sandracristinamachado disse...

Tb gosto muito da série: Por tuda minha vida, assim como os filmes: A Rainha e Tropa de Elite. Vou dar um programar um tempinho para assistir os outros que vc elegeu como melhores.
ah! Boa sorte na noite de autógrafos, espero que seja um secusso!
Bjs

guiga disse...

És mesmo um amante de História????!!! Engraçado, nunca tinha reparado! looool
Adorei os prémios!
*.*