quarta-feira, julho 20, 2005

Frases para sempre

Meu amigo blogueiro Evandro me fez um convite para que eu listasse os meus filmes favoritos. E eu fiz. Correndo risco de olhar agora e ver que estão faltando filmes que não deveriam faltar.
Pois bem, agora eu faço o convite. Um dia desses, estava zanzando pela Internet e achei um site listando "as melhores falas do cinema". Uma grande idéia, não? Tentei lembrar das falas de filmes que me são inesquecíveis. São várias. Mas para não ocupar muito espaço, listo minhas três favoritas:
*
1) "O grito do coração do artista ecoa por todo mundo. Eu quero apenas dar o melhor de mim". (Dita pela personagem Babete em "A Festa de Babete", dir. Gabriel Axel – Dinamarca/1987)
*
2) "Meus pais só me bateram uma única vez: a surra começou no verão de 1953 e acabou na primavera de 1957". (Dita pelo personagem Allan Felix [Woody Allen] em "Sonhos de um sedutor", dir. Herbert Ross - EUA/1972)
*
3) "Todos aqueles momentos estarão perdidos no tempo como lágrimas na chuva. É hora de morrer". (Dita pelo personagem Roy Batty [Rutger Hauer] em "Blade Runner, o caçador de andróides", dir. Ridley Scott – EUA/1982)
*
A bola está contigo agora, Evandro (e demais cinéfilos parceiros que aparecem por aqui). Só não vale as "babas" do tipo "Bond. James Bond" nem "Hasta la vista, baby"... Vamos lá, moçada, me surpreendam.
M.S.

2 comentários:

Helena disse...

Oiiiiiii, eu vi primeiro no Cinelândi@ e respondi lá... mas vou repetir aqui, a q me veio primeiro à mente: "Life is like a box of chocolates, you never know what you´re gonna get.", de Forrest Gump. Se me lembrar de mais alguma marcante, eu ponho aqui. Beijos.

Paulo disse...

Espero ter correspondido satisfatoriamente ao desafio. Pena que já não se lembra do endereço do site. De qualquer forma, como demonstra ter um interesse especial por falas memoráveis do cinema, uma dica: o livrinho "As Melhores Frases do Cinema", da editora Garamond. Conhece?