sexta-feira, julho 22, 2005

Victor Giudice

Dia desses, fui ao Espaço Unibanco, e, para matar hora antes de começar o filme, entrei na loja Luzes da Cidade que tem lá. Achei um livro de contos do Victor Giudice chamado "Salvador janta no Lamas". Logo o primeiro é uma pequena obra-prima, vejam só:
AS TRÊS MARIAS
"Com a morte de Socorro, José respirou satisfeito: enfim, poderia casar-se com Prazeres. Com a morte de Prazeres, José respirou satisfeito: enfim, poderia casar-se com Graça. Com a morte de José, Graça respirou satisfeita: José tinha ficado um velho sem graça, sem prazeres, sem socorro".
*
Maravilha, não é?
Conheci o Victor há muitos anos. Eu estava fazendo pesquisa na Biblioteca Nacional e um dia teve lá uma leitura de contos dele, alguns lidos pelo próprio autor. Ele leu, inclusive, o seu grande clássico, o conto "O Arquivo", que é o conto brasileiro mais publicado no exterior.
Victor faleceu há poucos anos. Fica aqui o registro deste grande escritor.
M.S.

Um comentário:

Helena, a doce. disse...

Muito bom! Santa ignorância minha, Batman, eu não conhecia nada desse autor, creio eu, mas o nome dele não me é totalmente desconhecido...
Abraço!