sexta-feira, julho 30, 2010

O futuro de volta?


Lembro que quando era beeem jovenzinho, vi o filme do Stanley Kubrick, “2001 – Uma odisseia no espaço” e fiquei me perguntando como seria este primeiro ano do Século 21. Na série “Perdidos no Espaço”, que eu adorava (aliás, preciso fazer um post sobre este seriado...), a data de lançamento da nave “Júpiter II”, com a Família Robinson, era 16 de outubro de 1997. E eu também ficava intrigado, imaginando se neste futuro previsto já viveríamos um clima de ficção-científica.
*
Pois é.
Nenhuma das duas datas acertaram suas previsões. Ainda não dominamos o espaço sideral. Ir à Lua é possível, mas caro para caramba. Há planos e previsões de colocarmos o Homem em Marte antes de 2030. Mas, não sei não... Temos tantas urgências para resolver aqui na Terra mesmo.

E eis que um e-Mail está circulando pela internet dando conta de que mais uma data simbólica e representativa da ficção científica acaba de vencer:
O dia 6 de julho de 2010.
(E aqui é a deixa para você ouvir a bela melodia que a minha, a sua, a nossa Radio Antigas Ternuras – a Rádio que toca no seu coração – selecionou para ilustrar este post. É só clicar na setinha do you tube)

*
Segundo o tal e-Mail, esta é a data que foi programada no painel do DeLorean prateado do Professor Emmett Brown que levou ao futuro ele e seu jovem amigo, Marty McFly com sua namorada Jennifer.

Isso no filme De volta para o Futuro II.
Arrá! Lembrou, não é?
A trilogia “Back to the Future” foi realmente fantástica! Dela, destaco especialmente o segundo filme, para mim, o melhor. O jogo de passado, presente e futuro foi muitíssimo bem feito pelos roteiristas. Entretenimento dos bons. Quem não viu os três filmes (que foram lançados em 1985 (parte 1), 1989 e 1990 (parte III)), que trate de conseguir o DVD ou baixá-los pela internet. Quem os viu, pode revê-los sem problemas, pois é diversão garantida.
*

E você lembra de como estavam as coisas naquela Hill Valley do futuro? Se compararmos com o nosso presente, o skate antigravitacional, esquece. Atualmente não temos nada sequer parecido. Carros voadores? Como os do filme, esquece também. Garçons holográficos atendendo num café temático, ihhh mas nem pensar mesmo! Mas o anúncio do filme “Tubarão 19” em 3D, bem, quase chegamos lá, não é? Não pela franquia do filme do peixão psicopata assassino, que graças a Deus já acabou. Mas pelo 3D dos dias de hoje que virou febre nos cinemas e televisões. Será que essa foi a única “previsão” que o filme acertou?
*
Na verdade, não sabemos ainda.
Esse tal e-Mail foi uma gracinha de algum gaiato que, sem ter o que fazer no momento, montou essa fotografia. No filme, a data correta é 21 de outubro de 2015. Podem constatar na real imagem do filme, abaixo.
. Logo, se receberem este e-Mail, não saiam repassando porque ele não traz verdade.
*
Mas será que em 2015 teremos as maravilhas tecnológicas que o filme apresentou? Quem viver, verá, mas acho particularmente difícil. Vai demorar muito para a gente andar em carros voadores, como na obra cinematográfica de Robert Zemecks, magnificamente produzida por Spielberg e sua turma. Com sorte, conseguiremos andar em carros elétricos, que gradativamente deixarão de usar combustíveis poluentes, porque as preocupações com o ambiente vão aumentar com o passar dos anos.


De qualquer forma, pretendo estar vivinho da silva em 2015 para conferir o que a ficção acertou e o que passou longe. Quer dizer, se o mundo não acabar em dezembro de 2012, como previram os maias...
Quanto a viajar ao passado, ah... Isso eu faço sempre! Basta fechar os meus olhinhos sensuais que me revejo menino, com cabelos e negros, sem dor nas costas e nas juntas, e sem os vincos no meu rosto, vendendo alumínio, cobre e garrafa para poder pagar o cinema e sonhar com o futuro que me chegava pela tela.
M.S.
***********************************************
OLHA O HUMOR VERMELHO VOLUME 2 AÍ, GEEEENTEEEE!!!!
Caros amigos, clientes e fornecedores: gostaria de avisar que no próximo dia 4 de agosto de 2010, às 19h, na Livraria da Travessa do Shopping Leblon, aqui no Rio de Janeiro, será lançada a antologia de textos humorísticos “Humor Vermelho Volume 2”, pela Editora Usina de Letras (preço: R$ 20,00 só!). Eu participei do primeiro volume – cuja primeira edição está esgotada -, com o conto “Escutando cabelo crescer”. Fui selecionado para participar do segundo volume, com o texto de humor escatológico intitulado “Missão: Tirar o charuto do beiço”. Quem o leu disse que se mijou de rir, o que me deixa particularmente feliz. Além de mim, há outros 21 autores, todos muito talentosos, com contos de fazer o Cristo Redentor se dobrar de tanto gargalhar. Entre os meus cinco leitores habituais, os que puderem comparecer na noite de autógrafos, certamente me darão muito orgulho e alegria.
***********************************************
Na Rádio Antigas Ternuras, você ouve “Earth Angel (Will you be mine)”, por Marvin Berry And The Starlighters, do filme “De Volta para o Futuro I”. Da pontinha da orelha, não é?

10 comentários:

Dona Sra. Urtigão disse...

Puxa!
Ontem eu estava em casa assistindo na TV cine cult, algo assim o "Planeta dos Macacos" e logo me deu saudade do "2001" ( ou de quem eu era quando assistia esses filmes?) e aí hoje vc me aparece com isso. "Dimaisss, tudebão" Ah! Vou aceitar suas indicações e faze um tour "de volta para o passado"

Claudinha ੴ disse...

Olá Marco!
Ótimo seu texto (como sempre!) Eu me lembro das fantasias que tinha sobre o futurista 2000! falava com minha mãe: Mãe eu serei uma velhinha de 36 anos! E ela ria de mim. Imaginava um verdeiro mundo dos Jetsons e pelo que vemos, nada disso aconteceu. Achei muito perspicaz a sua observação sobre o truque da data. Eu gosto muito de um site, o E-farsas que desbanca estes tipos de emails. Eu não teria reparado nisto. Bem, estamos aí com muita coisa nova, 3D, mas ainda estamos longe de sermos os Jetsons... Ah, como eu queria uma empregada robô, ou mesmo os robôs de Inteligência artificial...
Eu também fecho meus olhinhos e me vejo menina correndo atrás de tanajuras e brincando na rua. O tempo é cruel...

Parabéns pela 2ª edição do Humor Vermelho, se estivesse aí perto, certamente eu iria ao lançamento e teria um exemplar autografado! Mas... Fico aqui na torcida para que tudo dê muito certo para vocês todos.
Um beijo!

Julio Cesar Corrêa disse...

Esses futuristas estão mais pra Dunga do que para qualquer profeta. Se lembra o que o filme 1984 previa para aquele ano? Ainda bem que eles errarm, pois a maioria das "visões" sobre o futuro são sombrias.
Quanto o lançamento do número 2, me aguarde! Tem uma viagem pintando para esse mesmo dia, mas vou ver se jogo pro dia seguinte.
abração

Francisco Sobreira disse...

Caro Marco,
Tal como você, só mais ligado ao passado, embora goste de algumas coisas do presente, especialmente no ramo tecnológico. E o futuro, como dizem, a Deus pertence. Um abraço e uma excelente semana.

Tertúlias... disse...

Que delícias... Entao os Maias disseram que o mundo acabrá em 2012? Quado eu era pequeno, li uma previsao de uma astróloga que o mundo iria acabar em 1984... fiquei esperando... e aqui estamaos, né? Adorei esta viagem hoje aqui! Ricardo

Luma Rosa disse...

Não assisti "De volta para o futuro" mas os carrinhos voadores já estão em fase de testes. Não terão os prédios e casas para atrapalhar a locomoção, mas imagino a barulheira sobre nossas cabeças! Credo!
Sucesso no lançamento do livro!
Marco, naquela foto está somente uma parte da estante - ela vai até o teto!! ;) Seu livro tá lá!! Na próxima fotinha, coloco ele em lugar estratégico!! Beijus,

Tempos Mágicos disse...

Oii, seu blog é perfeito!! Sou apaixonada por coisas antigas!! Eu criei um blog sobre publicidades antigas, dá uma passadinha por lá!! :) Te favoritei, tudo bem? Ah, e parabéns pelo seu blog(!) Beijão.**

itiro disse...

Parabens pelo novo Humor Vermelho! Sucesso no lancamento!
Isso aqui esta cada vez melhor!

Graça disse...

Olá, Marco!!!

Andei um tanto ausente, por isso estou agora colocando a leitura e as visitas em ordem...

Seu post anterior "Ô de casa" se parece em quase tudo com uma crônica minha (que aliás, já te convidei um dia para apreciá-la, mas creio que não deu para vc ver). Justamente por esse fato é que sempre te disse que somos mesmo muito parecidos, como dois irmãos...

Marco, hoje meu esposo me mostrou um carro voador, construído em Israel e em fase de teste. Disse que o primeiro será dele, cê acha?rsrsrs

Um grande abraço, meu amigo! com minha admiração de sempre.

Lena Gomes disse...

Oi, Marco, estou de volta. Vou ver se apareço mais no AT pra me deleitar com seus textos maravilhosos. Olha, guarda um livro pra mim, assim q tivermos oportunidade de nos encontrarmos eu compro, ok? Com direito a autógrafo, tudo direitinho. O primeiro eu adorei e está emprestado com o Marcelo, aquele professor, amigo da Lu, também. Aliás, ainda não fui conhecer o Heitor, quem sabe quando eu for lá, vc não vai, e leva o livro? Quando eu for, te aviso. Beijos. Ah, soube de uma engraçadíssima, mas vou te contar por e-mail.