domingo, dezembro 09, 2007

Police para quem precisa de Police


Pois é, meus caros.
Eu fui no show do The Police, que, de certa forma, é uma de minhas antigas ternuras.
Para quem não sabe de quem se trata, o The Police é uma banda pré-jurássica, que fazia muito sucesso no tempo em que Matusalém era escoteiro e eu assistia ao Teatrinho Trol na TV Tupi. Eles são tão antigos que eles enviavam “Message in a bottle” ao invés de usar computador.
*

Feitas as apresentações, quero dizer que o show foi FANTÁSTICO! Dava gosto ver aquele mar de gente no Maraca, cantando e pulando ao som de “Roxane”, “Every breath you take”, “Wrapped around your finger”. Nessa última, então, as pessoas ficaram hipnotizadas, envolvidas em torno dos dedos do baterista Stewart Coppeland (tem um trocadilho aí, mas só os versados na língua de Shakespeare, Sting e dos moradores da Barra da Tijuca vão captar).
Já era para eu tê-los assistido no show que fizeram em 1982. Mas eles deram o azar de fazer o show no mesmo dia e hora que um importante jogo do Mengão. Daí...
*

Os caras são incríveis. Todos três são instrumentistas talentosíssimos. Andy Summers na guitarra, arrebenta. O citado Coppeland na bateria, é um dos maiores que eu já vi tocar. E do Sting, com sua pulsação marcante no baixo, aliado ao gogó arrepiante e ao imenso carisma que ele tem, nem preciso falar. O cara falou em português e a galera foi ao delírio!
*

A abertura do show foi feita pelos Paralamas do Sucesso, que durante muito tempo foram considerados “o The Police brasileiro”. Herbert Vianna estava particularmente inspirado. Os caras chegaram com tudo e arrepiaram a moçada desde o início com “Vital e sua moto”.
*

Mas exatamente às 21h30min, entraram os anfitriões. E a platéia foi à loucura. Parecia um gol do Flamengo, marcado pelo Obina, contra o time bacalhoso e sebento.
Fui sozinho, como em outros grandes e memoráveis shows no Maracanã (Frank Sinatra, Paul McCartney...). Mas logo me enturmei com uma família que estava sentada ao meu lado. Não sei quantas pessoas tinham lá. O Sting falou em 70 mil. Eu acho que tinha mais. De qualquer forma, foi uma beleza ver aquela multidão na paz, sem nenhuma confusão, só querendo se divertir e gritar, a plenos pulmões:
“Every little thing she does is Magic”...
E cada nota que a banda tocava era magia, mesmo.
M.S.
***********************************************
Eu tenho muito a agradecer aos meus muitos amigos da comunidade blogueira pela ajuda na divulgação do meu livro. Nem tenho palavras para expressar a minha gratidão e o meu carinho por vocês. Mas registro aqui o meu muito, muito obrigado.
***********************************************
Eu quero agradecer, também, do fundo do coração aos prêmios e selos que deram a este modesto blog. Quando eu lembro que comecei a escrever aqui há pouco mais de dois anos e ninguém me lia e de repente, olho para o contador e vejo mais de 115 mil visitas, miro a minha prateleira de prêmios cheia do carinho de vocês, juro, dá vontade de chorar de felicidade.
Como diria aquele antigo cantor e censor de livros: “são tantas emoções!”
Bem, vamos lá. Recebi o prêmio “Blog de Elite” da Erika e da Renatinha, duas mineiras que moram no meu coração de frente para o pico do Itacolomi. Então tenho um blog de elite, heim... Já sinto vontade de tacar um saco plástico na cabeça de um meliante!
Da minha outra mineirinha amiga, Luma, recebi o selo “Blog Cabeça”. Uau! Vindo de um dos melhores blogs latino-americanos (não sou eu quem diz, é o povo!). Eu fico que nem pinto no lixo de tanta felicidade.
Bem, diz o post-corrente que eu devo indicar outros para receberem estas comendas.
Pois eu indico TODOS os linkados no Outras Palavras, aí ao lado. São todos maravilhosos, de Elite e que fazem a minha cabeça, com certeza.
***********************************************
A talentosa blogueira Maristela pede para a gente divulgar este selo sobre o drama da Flavia, vítima de um ralo de piscina. Um pedido da Maristela é uma ordem. Aí está. Vai ter blogagem coletiva. Quem quiser aderir, aguarde o dia 17 de dezembro e participe.

***********************************************
Nesta semana tem texto meu no Playground dos Dinossauros. Eu falo sobre as famosas revistinhas de sacanagem, que encantaram gerações de adolescentes.
***********************************************
Na Rádio Antigas Ternuras, você ouve “Wrapped around your finger”, um dos pontos altos do show do Police ontem.

28 comentários:

Claudinha disse...

Olá Marco!
Puxa que bacana, que inveja, como eu gostaria de ter ido ao show! Meus amigos Theo e Li foram, aproveitando que estão no Rio.
Aproveito para parabenizá-lo pelos prêmios recebidos.
Beijo.

Renata disse...

Nossa marco, que inveja mesmo como diz a Claudinha, eu queria muito ter ido...adoro o the police, cada música me traz uma recordação abcana da " minha época" rs.. Se tivesse sido em SP, talvez até eu teria ido mas no Rio é sempre mais complicado... De qq jeito fico feliz que tenha gostado!
Bjos e ótima semana!!!!

Sandra Leite disse...

MARCOOOO,

Inveja , inveja, inveja...eu daqui de SP fiquei só imaginando . Aproveitei e ouvi um cd antigo que eu tenho. Eles representam muito da minha adolescência. Lá vou eu entregando a idade.... rssss
E o mais absurdo de tudo: vou pro Rio amanhã. Pq não fui na 6a feira? Me explica? :(
Quando fui olhar o preço do ingresso estava quase R$500,00 - cambistas - nenhum amor resiste a R$ 500,00...rsss
Mas vi um pedacinho do show no Multishow e eles continuam bárbaros...Sting eu nem comento, babo!

beijão pra vc...

adelaide amorim disse...

Marco, estou curtindo cada página do Popularíssimo! Depois falarei dele com mais calma, lá no Umbigo e no Coluna do Meio.
Beijos e sempre mais sucesso.

_Maga disse...

Bah... deve ter sido pouco bom...

eu também vivo fazendo coisas sozinha, para conhecer gente nova é o que há rs

beijos

Erika disse...

Ah que pena, viu, eu bem queria ter ido no The Police e ver aquilo tudo de perto, mas.... fazer o q... quem sabe qdo for o show geriátrico, né? ahahahha

Parabéns sempre pelos seus pr~emios, Marco querido, vc é merecedor e seu blog é show de bola, não tem como ficar sem presente.
Aliás o presente é nosso, né, a gente que ganha esses textos ótimos que vc escreve.

Tenha uma semana ótima, meu amigo.

Beijos

www.oncoto.erikamurari.com.br

Janaina Staciarini disse...

Primeiro: seu blog merece todos os prêmios. É criativo, diferente, dá vontade de ler sem parar.
Segundo, eu AMOOOO Police. E, em geral, tudo que vem dos anos 1980.
Beijão, Marco!!

Fabiana disse...

Olá Marco!
Tudo bem?
Vc não me conhece! Rsrs!
Eu sou amiga do Bené Do Apanhador de sonhos! Vim dar uma espiada no seu blog! Rs! Eu vi seu comentário no último post do Bené e vi que vc escreveu: Carpe Diem: Colha o dia! Esse é justamente o nome do meu blog! RS! Gostei muito do seu blog e das fotos do The Police! Deve ter sido um showzão, né?!
Beijos! Boa semana pra vc!
Fabiana.

Márcia(clarinha) disse...

Meus meninos também foram ao maraca enquanto eu tava em sampa...
Mais prêmios amigopratodavida? isso tá virando lugar comum, rss, ele merece, ele merece!!
Já escrevi várias vezes pra lá pedindo seu livro,ok? Teve retorno?
carinho meu procê, dia lindo
beijos

guiga disse...

Conheço bem os Police. Gosto muito das músicas do Sting e da sua voz. Não compreendi o trocadilho e estou magoada! looool
Blogs elitistas! loool

Beijos e continuação de uma óptima semana! *.*

DO disse...

Grande MARCO

Não tive a oportunidade de acompanhar na Globo,mas dizem que foi mesmo um tremendo sucesso.
Legal que vc tenha curtido.É uma experiencia unica,né??
Abração e uma otima semana

http://www.ramsessecxxi.blogger.com.br

Lara disse...

Tmbém fui ao showw!!! Foi TUDO DE BOM!!! Amei demais!!! Eles estão com tudo!!!
beijos

Fiva disse...

oi amore,
e eu acompanhei o show pelo celular.. he he!
beijo você meu amor

Dilberto disse...

Que inveja do amigo... Só não gostei do "bacalhau sebento"... Espero que estejas te referindo a algum estabelecimento de má procedência que venda bolinhos da iguaria de péssima qualidade... Mas, enfim! The POlice´é mesmo o que há no início dos anos 80, lembro-me bem de muita coisa...

E o amigo está intimado para visitar os Morcegos nesta semana: a saga de meus Quadrinhos "adultos" está lá, e será dividida em 5 capítulos, tal qual a tua semana! Abração!

lgresende disse...

Marco:
Pena que estivesse longe não pudesse estar no show. Deve ter sido mesmo um show.

Sandra Cristina disse...

Poxa!!! Confesso que estou com uma pontinha de inveja :(
Infelizmente vivo em Manaus... e o que passou após o fantastico tb nao pude assistir, como o horário de verao estamos como uma diferença de duas horas do "Brasil", ou seja o show passou as duas da manhã :(
Por incrivel que pareça ontem senti falta do bom e velho video casete :(
Bjs

Chuvinha disse...

Lin seus posts ( nao apenas o primeiro como a maioria faz...rs). Lamento ter perdido a entrevista do Jo e INVEJEI o Paul McCartney...hehehe. Tenha uma boa semana!

luma disse...

Marco, hoje está rolando uma blogagem coletiva que seria interessante a sua participação. Para mostrar a sua experiência editorial!
Ah! Te citei no texto.
Assisti ao show do Sting em 82 e pasme, dormi. Estava super a fim e não sei o que aconteceu, se foi a demora para começar. Quando acordei, o show tinha ido.
Sobre a música em blogues; acho válido quando é dentro de um contexto, como faz aqui.
Adoro música e ouço o dia todo. Mas frequente um blogue que toca a mesma música a três anos para ver se aguenta. A alternativa é desligar o play. A música torna-se obsoleta, desnecessária para nós leitores. Se é importante somente para o editor do blogue, que ele escute em sua máquina.
Desculpe é uma opinião pessoal e espero que não tenha se chateado com isso.
Você já tem os videos do programa do Jó para publicar? Quer pegar aqueles que estão online? Eu te ensino se não souber.
Boa semana! Beijus

Fabiana disse...

Que legal vc tb ter feito UFF! Estou acabando psicologia lá na UFF no Gragoatá. Rsrs!
Ótima faculdade, né? Vou sentir saudade de lá...
Bjos.

Anônimo disse...

Amo Sting, se não estivesse de cama pegaria um avião e iria com certeza.

Olha, mesmo sendo assinante da globo.com não consegui ver os vídeos da tua entrevista. Não abre nem a pau...rs...

Mas dá vc sentado à mesa com o Jô. Tu é um gato...rs...

Agradeço por me corrigir lá no meu post, aliás, já arrumei.

Um beijo da Jéssica*.*

Anônimo disse...

se eu gostasse do Police, diria que estava com inveja. como não gosto, parabenizo a voce por ter ido ver tua antiga ternura!
não vi o Jo, mas acredito que tenha sido ótimo...

super beijo

Taís

Bruxinhachellot disse...

Marco gosto muito das músicas deles. Legal você ter ido. Eu vi no Fantástico. Quando ao filme Beowulf, assim que puder vou assitir. Também sou fã de Neil Gaiman e adoro Sandman.
Já que me indicou um excelente filme, também farei o mesmo. Dia 25 de dezembro estréia A Bússola de Ouro, com Nicole Kidman - vilã, Daniel Craig (007 - Cassino Royale), Eva Green (Bruxa) e Dakota Blue Richards (a heroína) É uma história fantástica que vale a pena conferir.
Acesse o site abaixo:
http://www.goldencompassmovie.com/


Beijos musicais.

Anônimo disse...

NOssa Marco, pensei que voce fosse mais novo. Como é que com quase um milenio voce consegue manter essa boa forma? rsrsrs.....
Vou ao playground.

Beijos!!

Simone

benechaves disse...

Marco: evidentemente não pude ir ao tal show. E espero que tenha sido um bom espetáculo. Parabéns pelos diversos prêmios e selos recebidos. Tanto o blogue como você merecem. E o que é melhor: vc tem uma marca invejável de presenças. Continue assim e muito sucesso!

Um abraço...

Francisco Sobreira disse...

Caro Marco,
Não gosto de rock, embora goste dos Beatles. Mas respeito quem gosta. E apesar de você gostar do Police, fez muito bem em escolher entre um jogo do nosso Fla e a banda inglesa. Grande abraço e um grande dia.

Alê Barros disse...

Oi querido amigo...

Meu, que inveja boa de você ter ido ao show do The Police! Deve ter sido demais mesmo...
E eu te vi no Jô...lálálálá...
Simplesmente fantástica a sua entrevista, adorei ver o rosto de quem me visita e sempre me deixa um carinho...
Tudo tava mto bom.
Parabens,
Beijos

Saramar disse...

Marco, querido, obrigada pelos exageros carinhosos!

Não brigue comigo, mas sei nada de Police, nada mesmo. Isso, porém não me impede de imaginar a sua emoção no mar de fãs e diante da música tão apreciada.

Peço-lhe desculpas pela ausência, mas não estou conseguindo visitar os amigos. O tempo, o tempo...
Meu coração, porém, é cheio de saudade.

beijos

Bosco Sobreira disse...

Fico feliz em ler seus comentários sobre o Police. Diminuiu em muito minha frustração em não ter podido participar do show.
Em tempo: Parabéns pela entrevista no Jô!
Um abraço, meu amigo.