segunda-feira, dezembro 03, 2007

Entrevista no Jô - Bastidores


Eu fiquei muito feliz com o resultado da minha entrevista no Programa do Jô. Mas confesso que quando acabou a gravação, eu estava me sentindo agoniado. Acreditava que não tinha ficado bom, que eu deixara de falar coisas importantes, que não contara uma história mais engraçada (quem leu o livro sabe que lá tem trocentas!)...
Vi o programa na sexta achando que eu iria me decepcionar.
Não, até que ficou legal.
*
Quero revelar aqui o meu agradecimento à equipe de produção do Programa. Eles são gentilíssimos, simpaticíssimos, profissionalíssimos... Um show de competência! Do motorista Benê, que me pegou no aeroporto no carro mais luxuoso que andei na vida, passando pelo camareiro, maquiador, assistentes de produção até a equipe de jornalistas... Nota DEZ MIL para eles. Eu e minha namorada só temos a agradecer.
*

O próprio Jô foi muito gentil conosco. Eu estava achando que ele ficaria falando mais que eu e não foi o caso. Até topou ser “dirigido” por mim na brincadeira sobre as caras e bocas que se fazia nos tempos do Popularíssimo. Tá certo, ele me deu uma sacaneada básica no caso da foto da platéia. Eu fui induzido ao erro pela jornalista da produção que viu a foto e disse: “Marco, não tem mulher nessa foto!”. Eu dei uma olhada assim por cima e concordei. Se tivesse feito o que ele fez não teria pago aquele micão. Mas não me importei. Achei engraçado, E no final, o Jô estava fazendo o que eu queria que fizesse...
*
No término, o Max Nunes (assessor especial do Jô) foi me esperar na saída do estúdio para me dar um abraço e agradecer pela entrevista. Imagina! Eu é que tinha que agradecê-lo muito pela força que ele me deu!
*
Eu não fiquei nervoso. Já tenho 20 anos de carreira como ator, o que me deixa meio cascudo para enfrentar situações de exposição. Tinha planejado um roteiro mental para a entrevista, com base na conversa que eu tive antes com uma jornalista da produção. Entretanto, o Jô nem olhou para o papel que estava sobre a mesa dele. A entrevista seguiu por outro caminho.

Ainda bem que ele perguntou sobre como se pode comprar o livro. Eu estava esperando por isso. Estava tão preocupado em dizer direitinho o nome das livrarias que estão me apoiando que esqueci de dizer que o livro pode ser comprado na minha mão pelo e-Mail popularissimo@gmail ou pelo blog Antigas Ternuras. Quando me dei conta disso, fiquei com vontade de tomar formicida com groselha.
Deveria ter falado que além de biografar o Brandão eu descrevo minuciosamente a época em que ele viveu e que dou muitas informações curiosas sobre aquele tempo.
*
De qualquer forma, acho que o recado foi dado. Vem aí outros programas de TV onde eu vou aparecer (no ano que vem, já tem um CERTO, que vai me dar mais tempo e espaço que o do Jô. Aguardem), e aí eu terei nova chance de vender o meu pirão.
*
Eu quero colocar trechos da entrevista no You Tube. Claro que eu não tenho a menor idéia de como fazer isso. Alguém aí se habilita a me ajudar?
De qualquer forma, quem quiser ver a entrevista, ela está em duas partes nos vídeos do site do programa. Basta clicar primeiro Aqui. E depois Aqui.
*
Aos amigos que ficaram acordados até uma e cacetada da manhã, meu muito obrigado! Eu próprio, estava chamando urubu de canário de tanto sono...
M.S.
***********************************************
Na Rádio Antigas Ternuras, você ouve Harlem Airshaft, com a super dupla Duke Ellington e Count Bassie.
***********************************************
Queridos amigos: tive problemas com placa de rede, roteador, essas coisas tão interessantes... Por isto andei fora do ar neste final de semana. Gradativamente, vou visitar vocês, com muito prazer.

25 comentários:

Dilberto disse...

Adorei o título do 'post' anterior, o duplo sentido ficou genial! Foi mesmo um marco, primo Marco: mais que perfeita a sua participação no Jô! Torci bastante! E, afinal, conheci você "pessoalmente": para um flamenguista, você é um cara bem simpático! Rs.

Imaginei que houvesse acontecido algum probleminha para você não ter aparecido nos Morcegos neste fim de semana: no post do último sábado, faço destaque à sua participação no Jô e ao seu livro (que comprarei em breve, isso se não for presenteado com ele em razão da homenagem, ré, ré) e a Semana Antigas Ternuras continuará até sexta!

Forte abraço e, mais uma vez, meus sinceros parabéns!!!

benechaves disse...

Olá Marco: consegui assistir sua participação no Jô. Digo 'consegui' porque estava longe de Natal, numa viagem programada para fugir do insuportável carnatal, uma espécie de arremedo do carnaval, de saudosas memórias. Hoje em dia o tb carnaval é uma mera figurinha do que foi tempos antigos. E o seu similar, é uma tristeza. Serve apenas para enriquecer (mais ainda)um grupelho há longos vinte anos.
Mas, gostei de tua entrevista e fiquei até o último bloco para vê-la, evidentemente.
Sendo um ator, acho que vc 'tirou de letra', como se diz. Outra expressão para você nos 'destrinchar'. Parabéns, vc agora é um homem bastante conhecido. E isso valoriza o seu livro e sua vendagem. Siga em frente e tudo de bom.

Um abraço...

Obs: ainda não li o livro, mas tirarei um tempo depois para fazê-lo.

DO disse...

Grande MARCO

Estou inconformado até agora por não ter conseguido assistir na sexta-feira.
Infelzimente eu acabei dormindo antes da hora.
De qualquer forma vou tentar assistir no site.
E quero o meu exemplar autografado.
Vai mesmo vir a Sampa??

Abração!


http://www.ramsessecxxi.blogger.com.br

guiga disse...

Não consegui abrir os vídeos, mas daqui a pouco vou pesquisar na internet para ver se encontro!
PARABÉNS MARCO! Mereces todo o sucesso! Quem acede a este blog, quem entre em contacto com as tuas palavras fica, facilmente, viciado!
Eu estou "Ternurodependente"!loool

Beijos e abraços! *.*

_Maga disse...

Marco, adorei tê-lo visto na telinha!

A entrevista foi divertidissima! Adorei você ter falado do ponto, lembro que a primeira vez que vi um desses na peça do Oswald de Andrade, O rei da vela, não sabiamos do que se tratava... rs

Beijos

Erika disse...

buáááá´eu não consegui ficar acordada.. vou ver os vídeos, paciência

mas eu fiquei feliz mesmo foi em saber que vc foi bem tratado, principalmente pelo Jô, que eu acho arrogante e idiota rsrsrs

beijos querido Marco, fico feliz por vc.. e torço sempre pelo seu sucesso..

www.oncoto.erikamurari.com.br

Moacy Cirne disse...

Parabéns pela participação noJô. Confesso que não vi (falha minha, decerto); acontece que deixei Jô de lado há séculos. Enfim, parabéns mais uma vez. Abração.

Renata disse...

Eu fiquei acordada, e valeu a pena! mas ainda bem que te trataram bem senão eles teriam que me encarar, hahahahahhahahaha

Bjos e tomara que a entrevista servia não só para divulgar o seu talento, mas tb reverta em vendas, né..Porque a getne precisa disso tb...rs..

E olha, é um dinheiro bem inveestido, eu garanto!!!!

bjos

maristela disse...

Marco, parabéns. Agora que passou, posso dizer que fico mais feliz ainda porque, embora eu tenha sido tratada com carinho por toda a equipe quando lá estive, fui massacrada pelo Jô a ponto de avisar em casa que não olhassem o programa. Ele foi de uma grosseria absurda, e graças a Deus metade do que ele fez nem foi ao ar, foi editado.
Vitória para você, amigo.
abração

Marcos disse...

Infelizmente não vi a entrevista. Apareceram visitas de última hora, sabe como são essas coisas. Semana que vem entro de férias e poderei saborear o livro que, tenho certeza, ai me agradar bastante.
Sucesso!

Claudinha disse...

Olá Marco,
muito bom saber dos bastidores do programa. Parabéns mais uma vez!

simone disse...

Oi Marco, fico feliz por ver o seu enorme sucesso com o livro e sua participação no Jô. Eu nao vi na sexta mas vi os trechos no you tube, achei voce super descontraido e agora quando ler suas ternuras poderei visualizar melhor o autor das historias mais ilarias e emocionantes que eu ja vi na blogosfera.

Um abraço
Simone

Márcia(clarinha) disse...

Eu não só assisti como quase não deixei ninguém ver em paz de tanto que eu ficava falando esse é o meu amigopratodavida, é ele sim gente, amigopratodavida, rsss, quase fui expulsa da sala, amei!!!
Você merece um monte de programas para divulgar um trabalho belíssimo e rico como o seu.
Semana que vem mando e-mail procê,viu?
Ahhh! já enchi o saco da livraria, aff! boa sorte!
lindos dias,
beijos

José Viana Filho disse...

Antes de tudo parabéns pelo seu espaço. Antigas Ternuras é um blog referência para diversos amigos e amigos do mundo blogueiro!!

E parabéns depois pelo livro, que com certeza vou comprar, pela pesquisa e pro revivar a memoria do Brasil.

E a entrevista ficou dez, Dilberto me avisou e vi na sexta. Adorei!!

OBS: Marco Mario filho não conta ele era flamenguista(rsrsrsrsrs). Por falar em futebol, ano que vem devo dirigir um doc sobre Adílio, se vc tiver algum material e quiser ajudar na pesquisa, podemos conversar?

Abs e até mais!!

Bruxinhachellot disse...

Fico feliz que tudo tenha dado certo. O que não foi dito será com certeza mostrado a quem ler seu livro. Mais tarde vejo os vídeos. No meu trabalho não há como ouvir a entrevista, só ver. Vejo quando chegar em casa.

Beijos caçadores.

adelaide amorim disse...

Ótima a entrevista, Marco. Parabéns e muito mais sucesso ainda pra você e o Popularíssimo.
Beijos.

http://leve1.zip.net disse...

que bom ficou satisfeito...todos nós ficamos, e cá entre nós, ninguém pode descartar a importância que tem um programa como esse e nem a audiência da emissora...olha, é uma BAITA sorte e o que é melhor, aliado a isso teve a sua tranquilidade, tudo bem que como vc. mesmo disse...é calejado...mas ah...complicado né?
mas olha...fiquei muito feliz.
um beijo querido e no coração
claudia

Sandra Cristina disse...

Oi Marco, Que bom saber que vc esteve no Jô!!!!

Meu blog estava um pouco abandonado, estou retomando as atividades "blogsticas" por isso só agora fiquei sabendo da entrevista :(

Vou correndo ver os videos, mas uma vez PARABÉNS!!!!

Bjs

Sandra Cristina disse...

Oi Marco, Que bom saber que vc esteve no Jô!!!!

Meu blog estava um pouco abandonado, estou retomando as atividades "blogsticas" agora, por isso só agora fiquei sabendo da entrevista agora :(

Vou correndo ver os videos, mas uma vez PARABÉNS!!!!

Bjs

lúcio disse...

Parabéns, Marco. Assisti. Creio que a entrevista em si deva vender bem o livro. Claro que o endereço virtual facilitaria um bocado. Eu mesmo quero.
P.S.: realmente, tua embalagem não é como imaginávamos lá no cruviana.
Abraços

Lara disse...

MARCOOOO!! Adorei a entrevista!! Você não é NA-DA daquilo que eu imaginava hahahaha! Não me pergunte porque!!!
Beijosssssssss
ps: Quanto ao seu time, só tenho uma explicação: pacto com o diabo! Nunca vi nada dar tão certo pra alguém! Credo!

Armando disse...

Aí, Marcão!!! Mandou ver! Assistí sua entrevista e achei sensacional, principalmente a parte em que o Jô interagiu com vc nas técnicas de encenação. Acho ele deselegante quando alguém está sendo mais engraçado que ele e corta logo a entrevista, mas com vc foi legal. Sucesso! Um abraço!

Anônimo disse...

Aceita comentários "fora de época"? rsrsrs

Não vi a entrevista ao vivo poruq não consigo ficar acordada até tarde, principalmente diante de uma tv. Fazer o quê? É mais forte do que eu... Mas, no dia seguinte, corri ao site da Globo e vi pela net. Adorei! Espero que venham outras entrevistas (de preferência na sessão da tarde...)

Beijos e muito sucesso!

Lili

http://quaseamor.zip.net

apoiofraterno disse...

Marco, vi agora esses trechos da entrevista. Achei que a sua participação foi perfeita e mandou bem o recado. Gostaria de ter assistido a entrevista completa, mas o sono não me permitiu. Abraços.

Tina disse...

Oi Marco!

Eu ASSISTI tudinho! E fiquei feliz por ter dado tudo certo, afinal, com o Jô a gente nunca sabe o que pode acontecer. Valeu mesmo, tudo funcionou. Espero as próximas.

beijo grande querido e parabéns novamente.