quarta-feira, agosto 30, 2006

Eu x 6


Há uma novidade rondando a comunidade blogueira. Huumm... Talvez nem seja tão novidade assim. Mas alguém começou a pedir a seis pessoas que escrevessem sobre seis de suas características. Chamaram isso de “etiquetar”.
E o negócio se alastrou, feito pereba em menino. A minha amiguinha Giulia recebeu o convite e na hora de passá-lo adiante, me incluiu entre os escolhidos.
Então tá. Convite feito, convite aceito.
*
Escrever em blogs, de forma geral, é falar do próprio umbigo. Mesmo os que escrevem sobre temas específicos, acabam falando sobre o seu próprio ponto de vista. Particularmente, prefiro falar de mim aqui pelo viés de minhas saudades. Quem me conhece, sabe que nas minhas conversas nem sou tão ostensivamente saudosista. Não fico falando constantemente nas coisas “do meu tempo”. Pelo contrário. Falo bem mais de coisas contemporâneas e sobre diversos assuntos. Mas aqui, no Antigas Ternuras, resolvi fazer diferente. E aí está uma de minhas características. Gosto de fazer as coisas do meu jeito.
*
Por conta disso, vou entrar na roda das tais etiquetas, mas falando de mim pelo ponto de vista do tema deste blog. Será eu por minhas antigas ternuras.
*

A primeira delas tem a ver com essa própria decisão, de ser diferente. Não estou querendo ser superior a quem quer que seja. Apenas prefiro dar o meu toque pessoal. E por isso, elejo a minha escola de samba preferida, e especialmente o seu slogan, como primeira antiga ternura que me define. Salgueiro: nem melhor, nem pior; apenas uma escola diferente.
*

Embora pragmático, embora cerebral na maior parte do tempo, sou também movido por paixões. E aí, para segunda característica, escolho a impessoalidade que mais me apaixona: meu amado Mengão, clube do meu coração, antiga ternura que me tira do sério, que me faz rir e chorar, que representa o meu lado apaixonado pelas coisas de que gosto.
*

Sou um virginiano típico. Dado a silêncios, um eremita que busca entender o mecanismo das coisas. Mas que também sabe ser romântico e ver as coisas do amor além do cientificismo que tanto aprecio. Por isso acredito que o filme e a música “Somewhere in Time” (Em Algum Lugar do Passado) sejam ternuras que melhor expressam meu romantismo, a terceira característica que me explica. Por conta disto, vejo a mulher que amo com brilho renovado em meus olhos e procuro me fazer melhor a cada dia. Por ela.
*

Sempre tive sede de conhecer. Especialmente de conhecer o que passou; tirar minhas conclusões; aprender com o já visto. O estudo da História sempre me apaixonou. Me fez virar pesquisador. E talvez daí venha meu amor pelos livros. Quando li “O tempo e o vento”, de Érico Veríssimo, minha eterna ternura literária, vi o que definitivamente me interessava: pesquisar sobre histórias e ajudar a construir a História. Aí está a minha quarta característica.
*

Meus pais (mais especificamente minha mãe) me educaram dentro de regras rígidas de conduta. Eles sempre serão minhas ternuras inesquecíveis. Com isto, virei um sujeito que procura sempre seguir as regras, minha quinta face. O que, neste país, especialmente na minha cidade, me transforma em um ET, que desliga o celular dentro do cinema, não entra com compras no elevador social, respeita filas... Coisas assim.
*

Da mesma forma que tenho profundo amor pelo estudo da História e pelos livros, as Artes sempre me fascinaram. Todas, mas com especial destaque pelo cinema e o Teatro (que sempre escrevo com maiúscula, pois o Teatro que acredito é maiúsculo), ternuras de minha vida inteira. Eis aí minha sexta característica, alguém que acha o cinema e o Teatro imprescindíveis como manifestações de expressão, que teria dificuldade de se encaixar no mundo sem eles.
*
Bem, amigos do Antigas Ternuras, aí está. Marco vezes 6.
Agora, segundo as normas, tenho de escolher seis pessoas para fazer a mesma solicitação. Essa é a parte mais difícil. Como se sabe, tenho milhares de leitores, todos excelentes escritores. Como escolher só seis?
Como já disse que gosto de fazer as coisas de forma diferente, vou fazer o seguinte: não incluirei os que já foram convidados por alguém, os que estão de férias, ou não vem aqui com a regularidade de outros. Indicarei os seis blogueiros mais antigos que freqüentam, e os seis mais novos, entre os que me dão a honra.
Portanto, faço o convite para (em ordem alfabética):
Bruno Mutante, Claudia, Claudinha, Claire, Dira e Paulo/Evandro.
E também para: Ana Carla, Fugu, Luma, Roby, Saramar e minha parceirinha Yumi. (Acabei de ver que minhas amigas Eduarda, Janaína, Lili e Samara ficaram de fora dos dois grupos de seis. Pois, considerem-se incluídas. Nunca fui bom em matemática mesmo...)
Escrevam como desejarem (se desejarem...). Podem escolher filmes ou músicas que os definam (caso do Paulo e Evandro, que tem blogs sobre cinema e música), ou livros (caso da Claire, que na maior parte das vezes escreve sobre literatura) ou o que quiserem.
*
Com a palavra, vo6...
M.S.
******************************************
Na Rádio Antigas Ternuras, você está ouvindo o tema deste blog: “Somewhere in Time, de John Barry.

21 comentários:

Lili disse...

Querido Marco, mesmo sem computador em casa ainda cheguei na frente dos outros! Agradeço bastante o convite e prometo que será meu primeiro post "pós-cura" (vai ao meu blog para entender). Você x 6 é um cara bacana, sabia? Beijos!

Claudinha disse...

Oi Marco!
Adorei ! Não há melhor definição para nós que nossas crenças, paixões e ternuras, antigas ou novas... Quem sabe não será o meu post da próxima semana... Hmmm, vou pensar... Você foi muito original e isso é ótimo, achei muito linda a parte em que fala de sua amada e de como se entrega e se prepara para ela. Acho isto muito raro, muito caro. Um beijo grande!Tenho orgulho em conhecê-lo mais pelas suas ternuras...

Giulia disse...

Querido amigo Marco! Muito gentil em atender ao meu convite, obrigada! Se um de você já era bom demais, agora sextuplicado ficou prá lá de uóotimo: sobejam razões para continuar sendo o meu escrita predileto. Você tem razão ao afirmar que cada um de nós coloca uma parte de si nas palavras, nas imagens, e até mesmo nas entrelinhas, das postagens em blogs. De qualquer forma esta 'etiquetagem' é uma brincadeira sadia, onde cada qual escreve à sua maneira, e que favorece ainda mais a interação e a camaradagem entre seres reais, mesmo que através desse meio virtual. Ternuras e beijos.

Márcia(clarinha) disse...

Pois eu bem gostei de sabê-lo multiplicado por 6 em sentimentos e ternuras, parabéns!!Você é um homem e tanto, um homem com H.
Linda noite querido
beijossssssssss
*Fui etiquetada tb em 24/08 esse bicho pega,rssssss

L@ra disse...

Salgueiro , Flamengo..eu tb eu tb!
besitus

Mutatis Mutante disse...

Bem , considero-me etiquetado. Agora o problema vai ser me definir em apenas seis coisas. Vamos ver o que acontece.

Abração!

Janaina Staciarini disse...

Hummm.... adorei saber mais de você...

DO disse...

Bom,se eu ja gostava de vir aqui,agora passei a ser seu fã,MARCO,heheheh
Adorei te conhecer mais e melhor.
E segue a ETIQUETA!!

Abração!

Roby disse...

Ah Markito..adorei saber mais um cadim sobre ti... e que satisfação me deu!!!!
Aliás , não é de agora que venho conhecendo-te..em cada post seu, já dá pra tirar uma colherada da massa do bolo!
Tu Markito, uma pessoa formidável!!!
*
Agora quero ver se serei capaz de escrever algo tão cristalino sobre minha pessoa--rsr
Vamos lá...e que honra fazer parte de uma de suas indicações!

Aquele abraço Markito!!!


__________

Ahhh, já estava esquecendo-me, aquela foto no seu post, onde está o rapaz olhando pra fotografia, era sobre este filme que eu falei ontem....
Que casualidade, penso que tu captaste na hora em que escrevi sobre este filme.
E este filme eu tb assisti.
Fizeram a regravação dele.

________________

Blogue da Magui disse...

Eu tam�m recebi essa incumbencia mas nao aceitei.Detesto correntes desse tipo.Uma pessoa tem uma ideia e todos aderem sem questionar.mas seu texto ficou excelente. Para mim foi bom pq pude conhecer vc melhor.

Loba disse...

Marco, antes de mais nada quero te agradecer pelo toque sobre o you tube. Realmente foi mais fácil do que entender os códigos fontes! rs...
Gostei da forma como vc se etiquetou, viu? Mas ao se dizer virginiano vc me disse muito mais do que tudo que li - conheço profundamente os nascidos sob este signo! rs...
Beijos querido. E muito prazer em te descobrir.

M.Eduarda disse...

Oi Qeurido!!! Adorei a idéia e o convite estendido a mim! Pode deixar que já já pintarão 6 coisas ao meu respeito lá no blog :)

Bom... tirando o flamengo... acho que compartilho de muitas de suas caracterísicas, principalmente o amor pelo filme Somewhere in time juntamente com sua trilha sonora. É tudo de bom!
beijos!

Claire disse...

Marco, é uma idéia bem legal! Se eu tiver inspiração (porque preciso) escrevo sim. Gostei de algumas 'etiquetas' suas: os livros, a ética (eu tb faço/ não faço algumas dessas coisas!)...

Cristina Dissat disse...

Oi Marco, sou eu Cris (Dissat). Hoje é Dia do Blog e como uma corrente mundial, todos os blogueiros indicam 5 blogs nos posts. O seu está lá no Fim de Jogo. Uma reportagem no Comunique-se citou o Fim de Jogo. Mil beijos.

Nina disse...

Marco, meu amigo, é muito bom ler estas suas peculiaridades, inda mais assim, 'a la ternuras'. rsrs.
beijo

Já estou no ar e te espero lá, ok?

Ana Carla disse...

Ô Marco, obrigada pelo convite!! Vou providenciar o post, prometo!! Acabei de saber que hoje é dia do blog! Sou mesmo uma blogueira de meia pataca!! rs... Beijão, parabéns e obrigada! Outro beijo!! rsrs...

L@ra disse...

sucesso com a peça mocinho, besitus

Saramar disse...

Querido, você é realmente sui generis. Que lista maravilhosa! Sem contar que uma de minhas paixões também é Flamengo (risos).
Obrigada por me etiquetar.
Se conhece meu blog http://lidosevividos.zip.net, verá que já coloquei minhas 6 preferências lá. Mas fiquei chateada porque queria colocar mais umas mil.
Agora, você me deu a desculpa para falar mais ainda do meu umbigo no Janelas....

obrigada.

Beijos

Marco Santos disse...

Aos meus queridos etiquetados:

Querida Lili: Vou aguardar as suas características. Melhoras pro seu PC... E obrigado pelas palavras carinhosas.

Minha doce Claudinha: Vou ficar na expectativa de saber suas características. Sim, eu faço questão de me fazer digno para quem amo. E, sim, eu me entrego totalmente pra ela. Como eu já o fizesse desde algum tempo e lugar no passado.
Eu também tenho orgulho em conhecê-la.

Querida Giulia: Pra mim, foi um prazer ter atendido ao seu convite. Como também será prazeroso conhecer meus amigos da comunidade blogueira por seis características.
Concordo com você: este é um joguinho sadio de interrelacionamento virtual. Me diverti muito escrevendo. E vou achar ótimo ler os posts dos amigos.

Marcíssima, querida: Eu sei que você foi etiquetada! Eu li! e por isso não a incluí na lista de amigos para a etiqueta.
Fico até sem jeito com seus elogios... Obrigadão, viu?

Querida Lara: Eu, você e o Jorge Ben! Obrigado pela visita!

Vamos ver isso, grande Bruno...

Querida Janaína: O prazer foi meu em escrever para os amigos.

Ô, grande DO! Eu é que me sinto honrado com a sua visita! Obrigado pela gentileza!

Querida Roby: Mas eu é que tenho a honra de contar com a sua presença aqui! Você é uma amiga muito legal.
Vamos ver como será a sua etiqueta.
Então você falava do filme Em Algum lugar do Passado? Ora, esse filme eu já conheço muuuuito bem. Só o assisti 33 vezes.
Mas, valeu, querida.

Olá, Magui. Prazer em tê-la aqui. Não vejo problema nesta brincadeira da etiqueta. mas, é claro, respeito a sua opinião.

Puxa, Loba... Então você conhece os virginianos? Êpa! Vou tomar mais cuidado agora... Ré! Ré! Ré!... Foi um prazer ensiná-la sobre essa caixa preta que é o código de template. Tenho meus personals teachers também, já que sou a própria anta nessas coisas.
Obrigado pelas palavras carinhosas.

Eduardinha querida: Pois é. Sei que voc~e torce para o bacalhoso sebento e não consigo acreditar que uma pessoa legal como você possa ter esse gosto tão esquisito. Vou aguardar as suas seis características.

Cara Claire: Fico feliz por você ter gostado. Realmente, temos em comum a paixão pelos livros. Tomara que você se inspire a colocar também suas características.

Mas olha! Ganhei meu dia! Minha queridíssima Cristina me dando o prazer e a honra de vir ao Antigas Ternuras! E me indicando pra corrente mundial? Ah, obrigado, meu anjo! Puxa! Fiquei muito feliz. Eu li no blog da Luma a história do tal Dia do Blog (sempre aprendo muita coisa lá). Pois, parabéns pra todos nós!

Já vou conhecer a sua casa, querida Nina!

Querida Ana Carla: Eu também não sabia do negócio do Dia do Blog. Mas vou aguardar ansioso pelas suas características.

Mas é claro, querida Saramar, que uma pessoa inteligente como você só podia torcer pelo Mengão! Bom saber disso! Vou ler as suas características!

Valeu, moçada! Abraços e beijinhos e carinhos e ernuras sem ter fim!

Zeca disse...

Oi, Marco!

Gostei da forma como se descreveu em seis 'ternuras'. Duas delas batem direto comigo: o filme e a música "Somewhere in Time" e a trilogia "O Tempo e o Vento". A música é uma das minhas favoritas. O filme, reví "n" vezes e ainda hei de rever outras tantas. E a obra do Érico Veríssimo entrou em minha vida pela trilogia, que nunca mais esquecí. Fiquei até com vontade de reler...

Grande abraço.

Fugu F. disse...

Uia ... andei viajando e só agora vi seu convite ... Mas nem sei como fazer isso. Talvez assim: Fugu, taurina, escuta Satie em dias de chuva, Piazzolla em tardes delirantes e Monobloco ao meio-dia. Apaixonada pela paixão, elegeu Fugu M. seu parceiro de descobertas. Respira pela epiderme, se alimenta por meio dos músculos, voa com os pés.
beijo você!