sábado, fevereiro 04, 2006

Santa trívia, Batman!

Dia desses, eu estava zanzando por uns sebos aqui no Rio (não sei vocês, mas eu sou o maior seboso da paróquia!), procurando uns livros de História da cidade e dei de cara com uma preciosidade!
Exatamente este livro da foto abaixo.

Fiquei doido!
Com a respiração presa, a mão úmida de ansiedade, a boca seca de cobiça, abri aleatoriamente suas páginas. Primeira pergunta que bateu em minhas retinas:
“Qual era o grito de guerra dos Impossíveis?”
Essa foi moleza. “E vamos nóóóóós!!”

E vamos nós, adiante. Com a próxima pergunta, não tive a mesma sorte:
“Quem interpretava o vilão Fagin de Laboratório Ark-II?”
Não sabia. Fui ver a resposta.
“Jonathan Harris”. Sacanagem... Como é que eu ia saber que o eterno “Dr. Smith” tinha trabalhado nessa série que eu não assistia?
Bem, amigos da Rede Globo... O livro-trívia “Santa Pergunta, Homem-Morcego! – 250 perguntas sobre séries de TV”, de Sergio Martorelli e Sylvio Gonçalves, é ótimo! E por lidar com minhas antigas ternuras – desenhos e séries de TV do tempo do Onça – ele próprio virou uma ternurinha.
Como eu sou legal com vocês, vou fazer o seguinte:
Listarei dez perguntas do livro, das mais fáceis, sobre séries e desenhos que até os mais jovens conhecem. Vamos ver como vocês se saem.
E sob o patrocínio do sabonete Eucalol... Passamos a apresentar...

Qual é a resposta?
1 – “No velho oeste ele nasceu/e entre bravos se criou/ seu nome lenda se tornou...” era o tema de?
2 – Qual era a profissão de James, o marido mortal de Samantha em A Feiticeira?
3 – “Espaço: a fronteira final...” era um trecho da narrativa de apresentação de que série?
4 – Qual a empresa que fabricava todas as engenhocas usadas pelo Coiote do Papa-Léguas?
5 – Que personagem de desenho animado dizia: “Oh, dia, oh azar, isto não vai dar certo!”?
6 – Qual era o lema do Dr. Zachary Smith?

7 – Qual era a identidade secreta de “El Kabong”?
8 – Como os habitantes da Terra de Gigantes chamavam os terráqueos?
9 – Que objeto acionava a passagem secreta para a Bat-Caverna?

10 – Quais são os últimos versos que completam a letra desta música: “Tony Stark/ Tira onda/ Que é cientista espacial/ Mas também é/ Homem de Ferro/ elétrico, atômico, genial/ Dura armadura/ Homem de Ferro (....)”?

Moleza, não é? Quem não souber basta pedir “penico!” e clicar em “coments”. As respostas estão no primeiro comentário.
M.S.

10 comentários:

Marco Santos disse...

Respostas:
1 – Bat Masterson
2 – Publicitário
3 – Jornada nas Estrelas.
4 – ACME
5 – Hardy Har-Har (dublado no Brasil pelo Lima Duarte), companheiro do Lippy Leão.
6 – “Nada tema: com Smith não há problema!” (No original era “No fear; Smith is here!”)
7 – Pepe Legal
8 – Pequeninos
9 – Um botão dentro da cabeça de um busto de Shakespeare.
10 – “É lenha pura/Homem de ferro”.

Foi moleza ou não foi?

Theo G. Alves disse...

acertei quase metade... fui pego de surpresa... deveria ter me preparado mais para o desafio!

grande abraço!!

Paulinho Patriota disse...

Grando Marco:

Meu memorial do afeto até que não é chinfrim assim... mas,pedi penico,e vim filar por aqui,apesar de ter "matado" os mais - digamos assim - óbvios. É que estou reformulando nossa loja e tenho de recauchutá-la até neste domingo... Daí só estar acessando a Net num zás-trás,desde ontem.

Me perdoe por não comentar mais prodigamente.

Quanto a sebos,sou rato deles,sim senhor. No Recife,havia o de Melquíades,autodidata nato,mas um dos homens mais cultos do Brasuca (não sei se o dito cujo já bateu as botas - e hoje freqüenta a Noite Maior...) Português impecável,o do "seboso". Gostei dessa,rapaz [risos]! Até o bibliófilo (seria o maior do Brasil?) José Midlin esteve por lá...

Ah,o patrocínio deste post foi do Eucalol? Nesse caso minha relembrança não negou fogo,mas isso é muito mais de antanho,pois sim:

"Abaixo drogas cacetes,
no mundo dos sabonetes
raiou deslumbrante sol:
apareceu o bendito
sabonete de Eucaliptus
denominado Eucalol".

Isso também:

"Veja ilústre passageiro
o béllo typo faceiro
que o senhor tem a seu lado.
E no entretanto acredite
quási morreu de bronchite
salvo-o o Rhúm Creosotado".

Ainda volto por aqui,à tardinha.

Desejo-te uma domingueira sem atravancos,amigo. E também para todos os supimpões que nos dá a honra de serem amigos comuns nossos.

Abração.

Dira disse...

ai ai ai. Errei tudo. Que fracasso. Beijo. E outro. E mais um.

Theo G. Alves disse...

Marco,
fico feliz que tenha gostado do conto no Museu de Tudo.

sobre encená-lo, marco, eu não apenas permito como ficaria muito feliz com tamanha honra.

e se vc realmente o fizer, vou querer saber como foi, como ficou, os detalhes todos...

me sinto mesmo honrado!!

um grande abraço!!

Evandro C. Guimarães disse...

É meu amigo, das 10 acertei apenas duas! Que fracasso! Também, algumas não são do meu tempo!hehehehe!
Acho que me saio melhor nas discussões acaloradas!hehe!
Um grande abraço!

claudia disse...

acertei a primeira.
Pensei assim...vai ser moleza...rs
mais ou menos...
sabe, a gente acaba colocando umas coisas em cima da memória e ela fica fraca.
Ainda bem que tem vc. e ajuda na nostagia...
beijo

Anônimo disse...

Pô, Marcão...
Minha mente enferrujou logo no Homem de Ferro!!! O resto estava "a piece of cake".

Marco Santos disse...

Caramba! A moçada anda precisando de Memoriol! Acreditem: das 250 perguntas, estas são as mais fáceis.

Grande Theo: Hummm... Quase metade não dá para passar direto. Ficou em recuperação.
Sobre o seu conto, realmente eu gostei muito, especialmente pelo potencial dramatúrgico. Neste ano ainda vou tentar representá-lo com alguém lá da companhia. Te darei notícias, fique tranquilo. Um grande abraço!

Paulinho grande Patriota: Eu imaginava que você acertaria todas. Boa sorte com seus afazeres.
Quanto aos poeminhas Eucalol, nem eu me recordava desses! Maravilha! Grande lembrança. Uma hora dessas eu vou postar aqui umas estampas Eucalol. Essa moçada de hoje em dia não sabe o que é bom...
O slogan do Rhum Creosotado é bastante conhecido. Recentemente eu o utilizei em um trabalho que fiz.
Um forte abraço, meu bom amigo!

Bela Dira: Você NUNCA é um fracasso. Um tantinho desmemoriada, talvez. Luzes de beijos pra você.

Grande Evandro: Só duas???? Lamento dizer que nem em recuperação você ficou. Vai ter que repetir a sua vida. Na próxima encarnação eu vou cobrar outra vez, tá?
Discussão acalorada, mas respeitosa, é excelente. O componente da paixão, quando bem administrado, traz um sabor a mais ao saber. Para mim é uma honra debater contigo. Não chego nem perto dos seus conhecimentos, mas estou tentando. Um abração!

Claudinha, meu doce: Acertou poucas questões? Tudo bem. No meu coração a sua sensibilidade e talento acertam TODAS. Aprovada com mérito!
"Não se admire se um dia um beija-flor invadir a porta da sua casa te der um beijo e partir... Fui eu que mandei o beijo".

Marco Santos disse...

Valeu, anônimo. A "Pimentinha" e o "Felisberto" (lembra deles no desenho do Homem de Ferro?)dizem que apesar do lapso na questão dez você foi aprovado com louvor!