domingo, outubro 23, 2005

Eu acho que eu vi um gatinho


Sabe quando, nos desenhos animados, o Frajola, o Coiote, o Cebolinha fazem planos mirabolantes para alcançar os seus intentos? Eles nunca conseguem, não é?
Agora troque estes personagens por Al-Qaeda, ETA, Cartel de Drogas, extremistas religiosos... Quem você acha que serão os Piu-Piu, Papa-Léguas, Mônica etc. da questão? Em seguida, dê àquela turma acesso a um instrumento como o Google Earth. Qual o resultado? Pode não ser nada, pode ser tudo.
Da mesma forma que a gente consegue ter uma visão de cima de nossa casa, local de trabalho, estádio de nossos clubes do coração, qualquer um, sabendo as coordenadas de latitude e longitude, pode visualizar uma base militar, uma instalação estratégica, um alvo em potencial...(alguns exemplos vistos pelo GE: abaixo à esquerda, a Área 51, onde presumivelmente os EUA escondem ET, UFO, as coisas do Arquivo X. Mais abaixo, à direita, o Pentágono)

É por isso que começou a grita contra a disponibilização do Google Earth. A Coréia do Norte está cuspindo marimbondos, achando que a sua vizinha do sul saberá onde ela mantém seus arsenais. O engraçado é que a Coréia do Sul está falando a mesma coisa em relação a sua vizinha nortista.

O presidente da Índia, que como se sabe, mantém uma rixa com o Paquistão, ambas nações com bomba atômica, já está defendendo a censura ao programa que mete os zóios, xeretando tudo. Dá só uma olhadinha nesta matéria.

O fato é que, com tanto satélite fuçando tudo por aí e colocando na rede, falar em privacidade é motivo para mofa e riso. Não tem jeito, moçada. O Big Brother veio pra ficar.
M.S.

3 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Marcos, tenha certeza que se os EUA acreditassem que essa ferramenta iria ajudar terrorista eles não teriam lançado. Infelizmente essas entidades terroristas do mal estão mais para um "três patetas" macabro do que para desenhos animados.

Helena disse...

É... pensando assim, dá pra ficar preocupada mesmo...

Marco Santos disse...

Pois é, Ricardo. Mas não devemos nos esquecer que os "patetas" já derrubaram o World Trade Center, já explodiram estações de trem, de metrô e vivem atazanando muita gente. Há inclusive os que acham que os caras já tem um artefato atõmico e estão doidos para explodirem uma cidade americana.
De qualquer forma, a gente tem que concordar que países sem tecnologia de satélite, pode usar tranquilamente o Google Earth para xeretar o vizinho (vide as duas Coréias).