domingo, outubro 23, 2005

De olho em você


Big Brother is watching you.
Não estou falando daquele programa bobo da TV. Estou falando do tema do famoso e excelente livro de George Orwell, o “1984”.
Não sei se você sabe, mas vivemos um clima de “Grande Irmão” faz tempo. Satélites estão a nossa volta, acompanhando tudo e enviando a imagens para os seus governos. A novidade agora é que nós, pobres mortais, também podemos dar aquela espiadinha básica. Em qualquer lugar do globo.
*
Minha mais nova diversão na Internet se chama Google Earth. Já ouviu falar? Qualquer um pode acessar a qualquer imagem do planeta Terra diretamente de seu microcomputador, esteja ele onde estiver. Pode ser em Washington, em Moscou ou em Santa Maria do Cu do Mundo. Basta baixar o programa e pronto! Não requer prática nem tampouco habilidade. Se você tem banda larga, leva só uns minutinhos. Mas se não tem, não deve demorar muito. Ah, ficou interessado, não é? Então, vamos lá. Clique aqui. Quando abrir a página, clique em “Get Google Earth (Free version)”.
*
Depois que o programa for baixado, você aprende rápido a mexer com os controles de zoom e afastamento, andar para a direita, esquerda, pra cima, pra baixo. Foi assim que eu cheguei ao meu condomínio – consegui ver o meu carro no estacionamento! – e ao prédio onde eu trabalho. Quer dar uma olhadinha? No alto à esquerda da página principal tem um banner. Digite as coordenadas – latitude e longitude: 22 54 52.65 S e 43 12 42.77 W e voalá! Você vê o planeta se mexendo e se aproximando das coordenadas escolhidas. Clique no botãozinho de zoom (tem um sinal +), espere entrar em foco e aí está: minha residência. Dependendo do dia, poderei estar na janela ou na piscina, te dando um tchauzinho. Quer ver onde eu ganho o meu pão suado? (Pointer) 22 54 45.08 S e 43 13 23.17 W.
*
Se foi fácil chegar até estas coordenadas? Bem, mais ou menos fácil porque eu procurei pontos de referência. Fui apertando o zoom na América do Sul, até chegar ao Rio de Janeiro (o nome da cidade aparece), fui aproximando até reconhecer o litoral e o aeroporto Santos-Dumont. Aí foi só procurar a igreja da Candelária, seguir pela Avenida Presidente Vargas na direção da Tijuca (bairro onde moro e trabalho).

Foi como se eu estivesse voando sobre a cidade, era só seguir por pontos que eu conhecia. Agora, eu tentei ver o campinho de futebol onde aprendi o pouco que sei do violento esporte bretão na aurora de minha infância e não consegui. Eu morava na cidade da doce Helena. Talvez eu não saiba mais chegar no lugar onde cresci...
Mas vi, com alguma facilidade, o Maracanã, a Gávea, templos do melhor futebol do Universo (xuif! Pelo menos já foi assim...) e casas de uma das paixões do meu coração (sempre vai ser assim!).
*
Tente você também. Agora, quer saber sobre as implicações político-filosóficas deste programa? Então leia o texto abaixo.
M.S.

5 comentários:

carla disse...

eita diazinho chato esse. e depois dessa votação forçada, a unica coisa boa foi ver que a rede globo, enfim, nao ganhou com a campanha do sim. um grande abraço. Boa semana pra ti.

Marco Santos disse...

A Globo viu que não se pode ganhar sempre. O NÃO deu uma surra daquelas em todos os estados. Boa semana pra você também, Carlinha.

Ricardo Rayol disse...

Cara, o google earth é show. Visito lugares que morei e é fantástico.

Helena disse...

Oi... obrigada por me citar aí. Vou ficar famosa. Eu conhecia algo parecido com o Google Earth, e baixei ontem o programa. Bem legal mesmo. Mas estou achando difícil lidar com ele, embora ainda não tenha explorado muito. Tentei ver a tua casa, mas não consegui, hehehe,... o meu fica sem foco em alguns pontos. Acho q eu tinha q ter instalado um outro treco q eu ñão quis... mas tudo bem.
O livro 1984, eu tenho em Inglês, e nunca li, acredita? Mas na faculdade, trocentos anos atrás, assisti o filme. Lembro q na época gostei muito. Tenho q rever, ou tomar vergonha na cara e ler o livro. Bem, 'xô ir... Beijos.

Marco Santos disse...

Você já É famosa, doce Helena! Não precisa instalar mais nada, só o Google Earth. Co calma e paciência você vai aprender a mexer nos comandos. Se aproximar muito, fica desfocado sim. Perceba até que momento a imagem fica nítida. Mesmo assim, espere a imagem entrar em foco.
Vale a pena ler o 1984.
É isso aí, Ricardo. Eu tenho visto vários lugares. Só venho tendo dificuldade com a área em que me criei.