quarta-feira, julho 06, 2005

Uma reflexão para a reunião do G 8

Começa hoje a reunião de cúpula dos oito países detentores das mais fortes economias no mundo: Estados Unidos, Inglaterra, França, Alemanha, Japão, Itália, Canadá e Rússia.
Muitas coisas estarão sendo decididas por estes "donos do mundo" (pelo menos eles pensam que são), entre elas, questões ligadas ao meio ambiente.
Daqui deste minúsculo blog, envio uma reflexão para eles. As palavras não são minhas. Foram ditas por uma pessoa que não cursou faculdade, não era milionário, nem empresário. Era apenas um nativo norte-americano.
Suas palavras complementam o meu despretensioso conto "Aconteceu no McDonald’s".
Seria bom se os oito chefes de Estado pensassem nestas palavras. Seria ótimo se você também refletisse sobre elas.

"Isto nós sabemos: a Terra não pertence ao Homem. O Homem pertence à Terra. Todas as coisas estão ligadas como o sangue que une uma família. O Homem não teceu a Teia da Vida, ele é, meramente, um elo nela. O que quer que ele faça à teia ele faz a ele mesmo".
Chefe Seattle, da tribo Suquamish. Em discurso feito em 1854. (Tradução minha, sujeita às falhas do meu inglês macarrônico)
M.S.

3 comentários:

Helena, the sweetie one... disse...

Tem novidade pra você na Fonte...
Bjs.

Evandro disse...

E o mais interessante é que os países ricos estão de olho na Amazônia porque nós, brasileiros, não estamos cuidando desta riqueza natural "mundial". Só que eles já arrasaram com todas as suas florestas, e agora nos repreendem como se fossem uma pureza só!
É melhor colocara as barbas de molho, pois as escolas norte-americanas estão ensinando a seus "aluninhos" que a Amazônia é território internacional e não brasileiro!

Paulo disse...

Infelizmente, não creio que os "Oito" venham a se inspirar em tão contundentes palavras. Para eles, serve a máxima do Pinky e do Cérebro:
"- O que vamos fazer amanhã?"
"- Tentar dominar o mundo!"
Enquanto isso, cidadãos comuns é que são vítimas das bombas de Bin Laden...
Um abraço!