quinta-feira, junho 11, 2009

Estenda o seu coração no varal


Dia 12 de outubro. Dia dos Namorados.
Mas também é dia de uma comemoração significativa. Nesta sexta, a Anne Frank faria 80 anos se estivesse viva. Fizeram uma projeção, utilizando computador, para mostrar como ela seria hoje, aos 80 anos. Vejam na foto se ela não seria uma avozinha bem bonita.
Quem me frequenta sabe que desde o final do ano passado estou muito ligado na história de Anne, sua família e os amigos que também se esconderam no Anexo Secreto, fugindo às perseguições nazistas. Fiz uma temporada no Centro Cultural Banco do Brasil com a peça “Anne Frank – O Musical”, fazendo o papel do dentista Dussel. Recentemente, participamos do sétimo Festival de Teatro do Rio de Janeiro e tínhamos esperança de vencer e ganhar uma temporada (era o prêmio para a peça considerada pelo júri como Melhor Espetáculo). Não vencemos, paciência. Mas ainda acredito que a nossa peça vá voltar a entrar em cartaz. Algum anjo, alguma alma caridosa há de nos ajudar a conseguir pauta em teatro.
*
Mas eu quero falar de Anne. Seu diário foi publicado e é hoje um dos livros mais lidos em todo o mundo. Só perde para a Bíblia. Quando tinha 13 anos, ela teve que se esconder naquele sótão, em cima do escritório do pai. Dali, saiu presa pela Gestapo, depois de um espírito sem luz tê-los denunciado aos alemães. Foi para Auschwitz e depois para Bergen-Belsen, onde morreu de tifo, aos 15 anos, pouco antes do campo de concentração ser libertado pelos ingleses.
*
Pelo diário, sabemos que ela namorou no Anexo Secreto o jovem Peter van Pels. Mas não sabemos se ela ganhou algum presente de Dia dos Namorados. Provavelmente, não. Nos últimos meses, a coisa andava feia lá no esconderijo. Eles já não tinham mais nada para vender e comprar mantimentos.
*

Pois eu quero dedicar este Dia dos Namorados à Anne e a todos os que não vão receber presentes no dia 12.
Eu tenho namorada, e meu maior presente é saber que ela me ama, mesmo morando tão distante de mim. Meu coração bate no peito dela e o dela no meu.
Muita gente não tem. Alguns nem tem como namorar. Como Anne Frank, tem muitas adolescentes que estão reclusas. Como Anne, há muita moça vítima de algum tipo de perseguição, de intolerância, de preconceito. Soube recentemente que há países onde cortam o clitóris das meninas para que elas não sintam prazer sexual, um pecado segundo muito fundamentalista.
Há ainda as que estão tetraplégicas, as que estão em coma como a Flavia, as que definham com doenças graves...
*

Estas não ganharão presentes. Não vão revirar os olhinhos de prazer nos braços do rapaz amado. Não trocarão beijos apaixonados, não receberão flores...
Se você tem seu namorado, sua namorada, aproveite bem este dia. Tenham um Feliz Dia dos Namorados, você que namora, que está noivo, casado, amasiado, ficando, “se conhecendo” (nova gíria para namorar)... Agradeça a Deus ou ao Universo por ter seu ser amado. Às vezes, só damos valor ao que foi perdido.
Ter alguém no coração é uma dádiva, é uma delícia ter alguém a quem dedicar o pensamento e as atenções neste e nos outros dias. Beije. Abrace. Presenteie. Dê flores. Vá jantar num lugar romântico. Faça um poema. Não precisa ser uma obra-prima. Algo assim, ó...

Aproveitei o sol da manhã
E estendi o meu coração no varal.
Lavei minha alma com sabonete bem cheiroso
E saí para mostrar o sorriso pro mundo.
Quem quer voar comigo em meu balão?
A luz do dia veio fazer um solo de cores
Diante dos meus olhos.
Como uma espécie de Midas ecológico,
Tudo o que toco
Vira trevo de quatro folhas.
Queria que este prédio virasse colina.
Com direito a relva, orvalho e flor do campo.
Queria que aquela nuvem
Virasse algodão doce.
Queria ver chegar logo a hora
De botar o coração na boca
E falar tudo isso para ela...

M.S.
***********************************************
Na Rádio Antigas Ternuras, você ouve Flavio Venturini e Lô Borges cantando “Anjo Bom”. Para quem tem namorado e para quem não tem, mas espera surgir um anjo bom...

10 comentários:

Francisco Sobreira disse...

Puxa, pela primeira vez, que me lembre, leio um Marco sem o seu humor, muitas vezes irreverente. O poema é seu? Simples, daquela simplicidade que nos "pega". Vi o filme de Georgee Stevens quando foi lançado, não o revi mais. Na época, não tinha a visão crítica de hoje, não sei se é um filme bom. Mas gostei e espero um dia revê-lo. Um abraço .

Márcia(clarinha) disse...

Escolheu o dia dos namorados para mostrar seu lado poético/melancólico? Bela poesia.

Talvez Anne jamais tenha recebido um presente, talvez nem desejasse.

Uns tem namorados e outros tantos nem querem um...

É assim amigopratodavida, seu amor por sua amada lhe faz bem e sei que a ela também, meu amor pelo meu amado me aviva e sei que a ele também.

Que hoje todos os namorados possam gritar o amor, cada um do seu jeito, cada um no seu ritmo, cada um no seu tom, mas todos felizes!

lindo dia amigopratodavida, feliz dia dos namorados.
beijos

_Maga disse...

Que post terno, meu caro amigo! Parabéns pelas belas palavras, pela poesia simples e bela.

Gostei muito. Parabéns!

Um grande abraço

DO disse...

"Ter alguem no coração é uma dádiva".

Tiro certeiro,MARCO. Ainda mais nos dias de hoje,onde os sentimentos ,parece,estão tão em baixa.Comemore o seu dia,o dia do seu amor. E fiquei ainda mais curioso sobre a história da Anne. Acredita que não li o livro?

Abraços!

Evandro disse...

Lindo esse post, Grande Marco. A beleza triste das verdades que colocaste, me impedem de fazer mais comentários.
Um grande abraço!

guiga disse...

Já li o livro de Anne Frank e é muito belo!
Por ela, por todas as moças privadas da sua própria vida, VIVA A LIBERDADE!
*.*

Claudinha ੴ disse...

Olá Marco!

Um lindo post, uma homenagem a todas as pessoas que foram e são vítimas de monstruosidades como foi Anne. Você soube colher emoções. Estas pessoas foram privadas das coisas simples e mais importantes da vida que são carinho, amor, respeito, dignidade. Elas não tiveram chances de aprender, de errar e de acertar.
Se não deu para ganhar com o teatro, não se amofine, vocês certamente terão outra chance e farão sucesso!
Que seu dia dos namorados tenha sido ótimo!
Beijo.

Janaina disse...

Eu li O Diário quando tinha uns 12 anos, mais ou menos. Daí o meu sumiu. Há alguns dias, comprei outro exemplar. E é como se eu estivesse lendo pela primeira vez. Tem livros que são únicos né? Já dizia Nelson Rodrigues que é melhor reler do que ler... hehehehe. Eu gosto das duas coisas.

Alice disse...

Lamentei amargamente não ter lido seu post semana passada... Mas, em-tempo, obrigada por dedicar seu post a mim! Foi um ótimo dia dos Namorados, sem namorado. Quando a gente tem bons amigos, dá pra esperar com calma o anjo bom chegar. Grande beijo, Alice

Íse Oliveira disse...

nossa que lindoooo! *-*
amei, apesar de estar solteira e feliz rsrsrs perfeito o poema.. vc que fez? vou publicar em meu blog tá.. coloco seus merecidos créditos lá.. muuuuuito sensível e tocante! perfeito! pesquisei no google "coração no varal" e caí aqui, tow exatamente assim.. ^^