terça-feira, setembro 30, 2008

O sol vai brilhar


Sabe quando a gente acorda com uma música na cabeça? E nem imagina como ela foi parar lá, mas fica cantarolando a canção o dia inteiro?
Pois é.
Aconteceu isso comigo e com esta música que vocês estão ouvindo.
*
Eu já a conheço faz tempo. Quando ela foi lançada pelo seu autor Johnny Nash, há muuuuito tempo atrás, o Alcir, meu obi wan kenobi em termos musicais, me apresentou a ela e eu a gravei naquele meu gravador Sanyo, de que já falei aqui. Ela está até hoje numa das minhas fitas Basf que nem sei se ainda toca. É um reggae, só que na época a gente não sabia o que era reggae.
Prestando atenção na letra, vemos que é uma canção otimista, falando que as coisas ruins acabam passando. Uma canção solar, com arco-íris e tudo o mais. Fez enorme sucesso na época e muita gente não sabe que Bob Marley e The Wailers fizeram o corinho na gravação para o Nash.
*
Eu posso ver claramente agora, a chuva passou
Eu posso ver todos os obstáculos no meu caminho
As nuvens escuras que me impediam de ver se foram
Vai fazer um radiante, radiante
Dia de sol

*

Em nossas vidas, todos temos nossos dias de chuva, com nuvens escuras que nos impedem de ver a saída. Quando meu pai se foi, eu tive meus dias nublados. Eu era um menino que perdera o seu principal amigo, o companheiro, o protetor. Meu pai era muito rígido como educador, mas era o meu pai. Ele queria o meu bem.
E me deixou com meus irmãos para minha mãe levar adiante a nossa criação. Minha mãe está velhinha, sei que vai chegar um dia em que ela também vai me deixar e daí em diante ficarei mesmo por minha conta, embora hoje em dia eu já seja o esteio da minha família. Eles não fazem nada sem me consultar. Mas sem ela, a responsabilidade será bem maior. Terei mesmo dias de chuva. Nem gosto de pensar nesta hipótese. Ninguém gosta de pensar em perder a mãe. Mas sabe que um dia ela vai ficar encantada e passará a olhar por nós lá do outro lado.
*

É duro ficar sem nossos entes queridos...
No ano passado, uma colega nossa blogueira perdeu o irmão. Ela ficou tão triste que deixou de lado o blog, provavelmente nem queria saber de computador. Eu ia semanalmente no blog dela e deixava um comentário com o sentido da música “I can see clearly now”. Durante muito tempo, seu último post só tinha as minhas mensagens. Mais tarde ela ficou um pouco mais conformada, mas não muito. Voltou a postar muito de vez em quando e eu continuo a deixar recados para ela dizendo que em algum momento “vai fazer um radiante, radiante dia de sol”. É o que eu posso fazer. That what friends are for, como diriam os franceses...
*
by3DArt
Recentemente, minha mãe esteve internada, com uma doença grave. Ela ainda não se recuperou totalmente, mas está melhor. E quando ela saiu do hospital com as próprias perninhas dela (eu só tenho um metro e 47cm de mãe...), foi como se eu tivesse vendo um arco-íris depois de uma tempestade.
*
Eu acho que posso fazer isso agora, o sofrimento já se foi
Todas as coisas más desapareceram
Eis o arco-íris que eu pedi em oração
Vai fazer um radiante, radiante
Dia de sol

*
Pois é essa certeza de que todas as coisas passam, que depois de uma noite escura o sol volta a brilhar, que faz a gente tocar a vida para frente. Mesmo que fiquem marcas da tempestade em nosso quintal,
Este post é dedicado a nossa amiga blogueira Tina, do Blue Moon, cuja mãezinha está agora velando por ela lá do plano espiritual. Força, Tina! Você, que tem andado radiante com o nascimento de seu netinho, que veio trazer tanta alegria para você e seu esposo, levante o rosto. E, em breve, você poderá fazer o que diz o refrão da canção:

Olhe em torno, não há nada além de um céu azul
Olhe adiante, nada além de um céu azul
M.S.

***********************************************
Eu tinha prometido postar a segunda parte do texto sobre antigos comerciais. Mas bateu a vontade de postar este texto. Na semana que vem, publico o outro.
***********************************************
Nesse final de semana tem eleição. Você já escolheu criteriosamente os seus candidatos? Acredita firmemente que eles poderão te representar e fazer o melhor trabalho possível pela sua cidade? Eu já escolhi os meus e os conheço bem: Gabeira para prefeito (PV – 43) e Eliomar Coelho, vereador (PSOL – 50.000)
***********************************************
Na Rádio Antigas Ternuras, você ouve Johnny Nash cantando a sua canção “I can see clearly now”.

24 comentários:

Tina disse...

Oi Marco!

Meu querido amigo, fiquei emocionada com seu texto, de verdade. Muito obrigada mesmo pelo carinho de suas palavras - fazem toda a diferença.

Tenho fé: o sol vai brilhar novamente e o azul estará por toda parte. E tenho proteção lá de cima.

Desejo que sua mãezinha se recupere bem e que ainda possa dividir muitas alegrias com você e os seus.

beijo grande meu amigo, obrigada mais uma vez por esse carinho.

E plagiando você: Carpe Diem!

Joias da Família disse...

Ei, Marcão...
Bons amigos são assim, generosos...
Obrigada por prestigiar as minhas postagens, viu?
Grande abraço!

Mimi disse...

Porque és lindo assim, ternura pura em forma de pessoa, que te amo de paixão (literária também, pois estou no meio do teu livro que degusto como obra rara que aos olhos meus é), que te gosto tanto e por isso aqui venho e me sinto olhando nos teus olhos.
E vejo claramente, a chuva passou e sempre passará no teu sorriso.

E teremos todos que ir para um lugar melhor, não é?

Um beijo, um carinho e um afago, meu amigo Ternurinha.

Rapaz, você me emociona demais...

Lulu on the Sky® disse...

Lindissimo seu post.
Big Beijos

DO disse...

Poxa,MARCO,que homenagem bonita à TINA. Realmente não deve ser facil passar por isto. Mesmo que saibamos ser inevitável.
AInda tenho meus pais e moro com eles. E minha avó materna tambem.
Confesso que ,nos ultimos tempos,tenho pensado muito em como sera qdo eles se forem.
Não deve ser facil mesmo.
Nem tenho palavras,sabia...

Grande abraço!!

Francisco Sobreira disse...

Caro Marco,
Também me ocorre, com certa freqüência, surgir, de repente, uma música. Acontece sempre quando acordo e o curioso é que é uma música do meu tempo de juventude. Até já fiz uma postagem sobre isso, com o título "A que vem em certas manhãs". Agora me responda uma coisa: que danado é "obi wan kenobi"? É uma expressão de uma língua africana? Um abraço.

Zeca disse...

Eita, Batmarko!
Sempre deixando um nózinho de emoção na garganta da gente! Eu sei bem sobre o que você fala com relação à sua mãe, pois estamos, ambos, na mesmíssima situação.
E continue assim, espalhando suas antigas (e novas) ternuras pelos corações dos que o lêem. A sua colheita será sempre abundante!
Abração.

guiga disse...

Adoro esta música! :D
Juntamente com a de Bobby McFerrin, "Don´t worry, be happy"!
Há que ver sempre o arco-íris da vida! E sim, depois das nuvens escuras que nos rodeiam, o sol acaba sempre por aparecer!

VIVA A VIDA! lol
*.*

Mimi disse...

beijos, Ternurinha, meu querido!

Márcia(clarinha) disse...

E de canção em canção formamos a trilha sonora da vida, carinho como o seu só faz crescer acerteza na amizade, no respeito, e na sensibilidade [que você tem de sobra, graças a Deus]
Lindas palavras de estímulo e conforto, farão bem a Tina e a todos nós.
Melhoras pra sua mãe meu querido amigopratodavida.

lindos dias,
beijos

Sylvia disse...

Oi meu amor que amo tanto...
Lindo texto, lindo como você...
Passei aqui para registrar minha saudade..
Beijo imenso,
Syl

Janaina Staciarini disse...

Toda vez que eu ouço esta música, me arrepio inteira.
É linda. E significa alguma coisa. Mesmo.

benechaves disse...

Oi, Marco: uma bela postagem, meu caro! Intercalando-se com uma canção, vc faz uma homenagem áqueles que se foram e eram nossos 'entes queridos'. Tudo na vida passa e o sol poderá voltar a brilhar. Não com a mesma intensidade anterior, mas com um resquício de esperança em um futuro que se diz promissor. Tb já perdi o meu Painhô faz tempo e o tempo escureceu pra mim. Clareou um pouco e vamos assim vivendo até não sei quando... E agora estou com outro receio: minha Mainhô anda adoentada e fico triste com isso.
Porém, é a vida... somos impotentes diante do enigma que a cerca e a todos nós.

Um abraço...

itiro disse...

Como vc perdi o meu pai cedo mas o sol voltou a brilhar e pude com a ajuda espiritual dele, ver tudo mais claramente e driblar os obstáculos...
Espero que esteja tudo bem com a sua mãe.
Uma pequena correria (procura de um novo teto) tem me impedido comentários mais frequentes, mas tenho me deleitado com os seus textos divertidos e educacionais!!!
Um bom fim de semana e vamos votar conscientemente!

Ana Lúcia. disse...

Marco,
Boa Noite!!
Ainda não te li, cheguei para visitá-lo e deparei-me com essas "figuras" pelas quais sou completamente apaixonada!!
Lindo. Lindo. Lindo!!
Parabéns pela ternura do seu excelente visual!!
Volto, depois, se você deixar!!
Até!!
Ana Lúcia.

Márcia(clarinha) disse...

Lindo final de semana amigopratodavida!
Bom voto, eu tb vou de Gabeira...

lindos dias,
beijos

Julio Cesar Corrêa disse...

Acho I can see clearly now meio chatinha. Foi um grande hit em 1972 e foi usada por Nixon na sua campanha para permanecer na Casa Branca. Ele conseguiu e não sei se foi por causa dessa música.
A gente sabe que não há mal que dure para sempre, mas não custa nada alguém nos lembrar, não é? Quando perdi minha mãe, há oito anos, pensei que não fosse suportar e estou aqui, embora algo parece faltar dentro de mim. Mas enfim...
Gabeira neles! Acho que vou justificar o voto.
abração

Claudinha disse...

Olá Marco!
Timidamente estou voltando a blogar. Adorei seu post! É um banho de otimismo e alegria. Parabéns. Meu Obi Wan Kenobi em termos musicais sempre foi o meu pai, tanto que o chamo de Ben Kenobi, rsrsrs. E esta música do post é uma das que ele me apresentou.
Parabéns pelo otimismo. Beijo.

adelaide amorim disse...

Todos nós andamos desejando um dia de sol e céu azul - literalmente falando e como metáfora da vida. Mas já é um bom começo saber que eles existem e são possíveis, que já vivemos tantos e viveremos outros.
Parabéns pela escolha dos candidatos, também escolhi Gabeira e Sirkis para vereador. Agora é lutar no segundo turno, que vem aí com força ;)
Beijos e uma semana bem azul e ensolarada.

Lila Rose disse...

Carinho é tudo que precisamos nesses momentos ruins e, tendo um amigo como você há a certeza de que sol nascerá radiante!

Te adoro.

Bisous.

Saramar disse...

Que coisa! Você me fez chorar...
Sim, tudo passa, até a tristeza, por mais que, nos períodos escuros, seja difícil acreditar.
Eu não sabia da perda da querida Tina. E ela sempre me dando força, veja bem como são os anjos.

Espero que sua mãe fique cada dia melhor.

beijos, boa semana para você.
P.S. Marco, perdoe-me pela ausência. Estive muito doente, como sabe, e em repouso absoluto. Agora, já melhorando, volto, aos poucos a visitar os amigos.

Cris ツ disse...

Que belo post Marco! Fiquei emocionada e com essa música na cabeça. Como nada é por acaso, esse texto veio a calhar... A perda é um dos sentimentos mais complicados da gente lidar, coisa dolorida. Ainda bem que temos capacidade de recuperação, mesmo que lenta (muitas vezes). Mas tudo passa né? (menos ferro frio, como diz um amigo meu - terrível mas é verdade :p )
Linda semana pra vc!
Beijos

Dora disse...

Marco. Lendo seu post, que começa na canção que lhe veio à cabeça( canção linda!! por sinal), fui pensando, ao desenrolar das suas frases...como é bom ter você como amigo! Mesmo que seja só aqui na Net, como amigo virtual. Bom mesmo, seria tê-lo como amigo o tempo todo! rs Aqui fora, também.
Você é capaz de iluminar os caminhos, é capaz de levantar nosso astral, enfim...eu imagino a riqueza e a gostosura de tê-lo sempre como amigo!
Falei. Pronto.
Abraço, Marco!
Dora

patricia disse...

Ola Marcos, suas palavras vieram como um alivio pra minha alma.. Estou realmente no meio de uma tempestade nesse momento de minha vida, td acontecendo ao mesmo tempo, mas sei q o sol ainda vai brilhar e um lindo arco-iris ainda vai aparecer.. obgada por suas palavras!