quarta-feira, junho 27, 2007

Esse coqueiro que dá coco...


Lembram daquela canção de Caymmi que diz assim: “Coqueiro de Itapoã... Coqueeeeeeeeeeiro!...”?
Uma bela canção, uma bela imagem.
E daquela outra, mais famosa: ...“Depois sentir o arrepio do vento que a noite traz E o diz-que-diz-que macio que brota dos coqueirais”... ?
Quem não gostaria de agora estar numa praia paradisíaca, estirado numa rede entre coqueiros, só escutando cabelo crescer?
Ah, coqueiros...Típica imagem do Brasil, não é?
Pois é. Não é. Ou melhor, não era.
*
E lá vamos nós para mais um post da séria série: “A História tem cada história...”
*

Por incrível que possa parecer, o coqueiro não é vegetação nativa do Brasil. Foi trazido para cá, do Sudeste Asiático, pelos colonizadores portugueses. Os gajos eram dados a fazerem este tipo de experiência. Como eram grandes comerciantes e foram os primeiros ocidentais a estarem nos cinco continentes, levavam daqui pra ali, dali pra aqui plantas que introduziam em outros ecossistemas. Atualmente, seria uma atitude politicamente incorreta, mas naquela época os lusos estavam pagando e andando para isso.
*

Outra do nosso cancioneiro:
“Mangueira, teu cenário é uma beleza... Que a natureeeeeza crioooooou...”
Sim, foi a natureza. Mas a natureza do Sudeste Asiático. A manga foi mais um vegetal trazido de lá pelos portugueses para o Brasil. Assim como as batatas, inglesa e doce, o inhame, a pimenta-do-reino, o chuchu...e até a banana!!!
Duro de acreditar, não é?
Mas assim foi.
A batata-inglesa é originária do Peru, foi levada de lá para a Espanha, de onde os portugueses a introduziram no Brasil. A batata-doce veio também dos Andes (embora há fontes que garantem ter vindo do Oriente). O inhame nos chegou da Ásia. A pimenta-do-reino é mais uma planta transplantada do continente asiático. O chuchu, da América Central. E por aí vai...
Ah, sim. Yes! Nós temos banana! Mas ela veio do Sudeste Asiático.
*

Aposto que vocês estão se perguntando: “Mas, com mil quiabos... O que é natural do Brasil?”
Pois é. O quiabo, não. É africano. Mas a mandioca é brasileira! Assim como o pau-barbado e o picão-preto (você está com lombriga? Entra no picão-preto que limpa tudo. Veja acima a flor do picão, que está neste site, pra vocês não acharem que eu estou de sacanagem...).
E além desses vegetais de duplo-sentido, também são do Brasil a pimenta malagueta, o caju, o guaraná, o amendoim, o cacau (também cultivado na América Central), a seringueira...
Bem sei, vocês dirão: “oh, a seringueira!”... Mas não desdenhem da seringueira, não! Essa história dos caras que entram na floresta para tirar leite do pau já deu muito dinheiro pro Brasil E os ingleses pegaram mudas daqui e levaram para o Sudeste Asiático (talvez como forra pelo tanto que aquela região deu ao Brasil) e agora lá tem mais do que aqui.
*
Bem, essa foi minha modesta contribuição para vocês terem a confirmação da frase de Caminha: “Aqui, se plantando, tudo dá!” E deu mesmo.
Mas, quando vocês estiverem comendo um prato típico brasileiro, como arroz, feijão, bife, ovo frito e salada de alface e tomate, saibam que nada disso é verdadeiramente nativo do Brasil. E se pedirem um cafezinho com muito açúcar, estarão completando o cardápio de produtos estrangeiros da sua dieta.
Bom apetite!
M.S.

***********************************************
A amiga Adelaide Amorim do blog Umbigo do Sonho (entre outros), teve a extrema gentileza de indicar o Antigas Ternuras como uma das “7 Maravilhas do Mundo Blogueiro”. Olha... Né pouca coisa, não heim! Pelas regras do jogo, tenho que indicar outros sete blogs que eu ache que mereçam esta denominação. E é aí que o bicho pega... Só sete? Mas vários blogs que eu costumo visitar são maravilhosos!
Bom... regra é regra, vamos fazer o possível para cumpri-la. Mas, olha, gente... Quem não estiver entre estes sete não fica triste, porque todos os blogs de minha lista são verdadeiros Coliseus, Pirâmides, Taj Mahals, Grandes Muralhas, Cristos Redentores de tão maravilhosos. Lá vão meus sete:
Abrindo Janelas
Apoio Fraterno
Caminhos dos Contos
Lino Resende
Nãnaninanena
Ramsés do Século XXI
Transmimentos de Pensações

As regras são as seguintes:
1. Podem participar na votação todos os blogueiros que mantenham blogs ativos há mais de um mês.
2. Cada blogueiro deverá referenciar sete nomes de blogs. A cada menção corresponde um 1 voto.
3. Cada blogueiro só poderá votar uma vez, e deverá publicar as suas menções no seu blog [da forma que melhor lhe aprouver], enviando-as posteriormente para o seguinte e-mail: 7.maravilhas.blogoesfera@gmail.com. No e-mail, além das escolhas, os votantes deverão indicar o link para o post onde efetuaram as nomeações. A data limite para a publicação e envio das votações é dia: 01/07/2007.
4. Para evitar constrangimentos os organizadores avisam que serão considerados votos nulos:
- O voto do blogueiro em si próprio ou em blogs em que participe;
- Os votos no blog O Sentido das Coisas. No dia 7.7.2007 serão anunciados os vencedores e disponibilizadas todas as votações.
***********************************************
Na Rádio Antigas Ternuras, você ouve “Aquarela do Brasil”, cantada pela sempre ótima Gal Costa.

32 comentários:

Claudinha disse...

Olá Marco, quer dizer então que somos chiques e só consumimos produtos internacionais? Ou sera que quase não temos nada de original??? Rsrs. Ah, mas você sempre nos dá uma aula de cultura!
Obrigada pela indicação, puxa fiquei toda feliz. Difícil vai ser votar em sete apenas. Beijo e valeu!

simone disse...

Voce sabe me dizer se o Pão Frances é mesmo da França? rsrsrs

Voce mereceu o titulo. Parabens!!

Si

DO disse...

Poxa,MARCO,muito obrigado pela indicação. Apesar de achar um enorme exagero o RAMSES ser indicado pra algo tão grandioso. Vc sim merece e muito a indicação de MARAVILHA.
A gente tem sempre otimas curiosidades por aqui. Alias,eu poderia jurar que o côco era nativo.
Mais uma que eu aprendo,hehehe

Grande abraço!!

_Maga disse...

Bacana Marco! Algumas das coisas que citastes eu já conhecia, mas muitas não tinha nem ideia!!! Você sempre contribuindo para que a gente desbrave um pouco mais deste pais...

Será que a gente recebeu algo da Bulgária? hehehe Vi uma peça sobre esse pais outro dia, e foi uma das primeiras coisas que pensei ao ler o seu post...

beijos

Lili disse...

Marco! Finalmente de volta ao mundo dos blogs (ma non troppo...) Já estava chateada por não ter feito rapidamente a minha lista de blogs que fazem rir para fazer jus ao selo que você me deu. Pronto. Já está lá. Mais uma vez, obrigada! Nossa! Basta dar às costas um pouquinho e você já me deixou um bocado atrasada! Depois volto para ler tudo com calma! Um beijo!

Erika disse...

gendideus, será que eu sou daqui? rsrsrs

Adorei as curiosidades, Marco.

Perabéns pela indicação, nada mais merecido, afinal a lê aqui maravilhas como este seu post de hoje.

Beijos

Márcia(clarinha) disse...

E plantando tudo dá mesmo e sem plantar também, opsss, sementes trazidas pelo bico do passarinho, rss
Já fui agraciada por tantos amigos como a sétima maravilha, agradeço mas não indico, não posso fazer isso, são tantos maravilhosos:(
Pois é amigopratodavida, Dona Moça sou eu mesmo, fiquei lá no Barra D'Or fazendo onda, caraca! que susto, mas tô bem obrigada.
lindos dias,
beijosssssssss

Lino disse...

Marco:
Você esqueceu do café, que só chegou ao Brasil graças ao amor de uma mulher, que veio da Guiana, mas é originário da Etiópia, na África.
Não me julgo, nem ao blog, nenhuma maravilha. E por isso fico muito envaidecido pela escolha. Muito obrigado, mesmo.

Mário disse...

Marco, sinto-me honrado com a sua indicação. Obrigado.

E o seu post, como sempre, está fantástico.

Abraços,

Mário.

Nena disse...

ah, Ternurovski querido! Eu te indiquei, vc me indicou, sem um saber do outro!!!

Estou booouba com esse carinho nosso, é coisa bonita de ver na blogosfera!

que legal!!!! só que isso fere as regras da proposta feita pela moça!!!!

E não quero ver voto seu ser anulado, meu amigo, então peço que coloques outro blog na indicação do meu, que agradeçe muito profundamente.
um voto seu, vale mais que um prêmio!

(te peço isso para que o voto no Antigas Ternuras tenha validade, viu? Tenho certeza que você sim vai estar lá entre as 7 maravilhas, meu querido Ternurinha)

beijo emocionado e coberdo de amor fraternal

olga disse...

Aqui fala uma gaja lusa! loool
Adorei ler este post, como aliás acontece sempre que te visito!
Ainda bem que os portugueses eram dados a essas experiências, senão o que seria de vocês sem a água de côco, a banana, o café, etc, etc!
Acreditem, não foi por mal! loool

Beijos!*.*

Tina disse...

Oi Marco!

Na nossa Terra Brasilis realmente, plantando tudo dá. E às vezes dá coisa que não devia também... Ótimo post, parabéns.

E parabéns pela indicação, mais que merecida.

beijos querido,

Olhos de Mel disse...

Oie Marco! Vi você no blog do Lino e vim lhe visitar. Adorei seu espaço. Sua forma de escrever coisas sérias, dando um toque irreverente jocoso. Muito bom mesmo. Vou voltar, viu?
Bjs.

Bruxinhachellot disse...

Não sei se o Caminho dos Contos é uma maravilha, mas aceito de bom grado a sua indicação.
Em seu post sobre os coqueiros e c&a aprendi muita coisa interessante. Se no Brasil tudo o que se planta dá, então deveríamos plantar o respeito, o amor, a saúde, a educação para ver se dá frutos.

Beijos coloridos.

luma disse...

Marco, a globalização já existia e não sabíamos. O nome só foi reciclado.

Ah! você não consulta o tech né? tem presente pra você lá no luz!!

Beijus, Luma

Luciana Farias disse...

Oi, Marco!!!!

não tem jeito, eu adoro ler os seus posts culturais. Como diria uma amiga minha: são tudo de bom!!!

Beijocas...

Mário disse...

Marco, já dei segmento ao meme. Vá lá ver como ficou.

Alê Barros disse...

Ah querido,

Assim eu fico triste...kkk
Poxa, realmente Marco t´bem é cultura porque nunca ia imaginar que Coqueiro não é brasileiro, e mto menos o quiabo...e olha que acho que ele tem cara de comida brasileira...rs
Beijos e lindo final de semana.

Renata disse...

marco, socorro eu sou MESMO uma estrangeira...rs..
Pau-barbado, picão preto...nunca nem ouvi falar dessas coisas...
Adorei o post!
bjos e bom fds!

Lila Rose disse...

Marco, também te indiquei lá no meu Blog: prêmio mais que merecido, viu???

Bisous!

Eu jurava que côco era nosso... você sempre nos ensinando algo novo!!!

Francisco Sobreira disse...

Marco,
Um dos destaques deste blogue é o relato da origem de certas coisas ou palavras e expressões. É que, além dos ensinamentos que você nos oferece, eles são dados com esse teu estilo tão cheio de humor, de graça e até de uma certa irreverência. Agora, pelo título do texto, eu achei que você ia falar do verso de "Aquarela do Brasil", com o qual tenho uma implicância milenar. "Esse coqueiro que dá coco". E o coqueiro dá outra coisa? Com todo o respeito e a admiração que se possa ter pelo grande Ary (principalmente os torcedores do Fla, como eu e você), o Ary nessa pisou na bola. Um grande abraço e um belo fim de semana.

Mélica disse...

Acabei chegando aqui pela indicação no blog da claudinha.. Que gostoso de ler o teu blog!;)
Parabéns pelo prêmio..
Voltarei + vezes, ok?
Beijos e um ótimo fim de semana..

Giu disse...

Saborosamente instrutivo o seu post, amigo Marco-Maravilha, e bem merecidos os prêmios recebidos e os vindouros: apóio e assino em baixo!
Feliz final de semana procê e receba os beijos e carinhos meus.
Giulia

Bosco Sobreira disse...

Parabéns pelo título, pelos texto, pela lucidez de sempre.
Forte abraço, caro amigo!

rubo medina disse...

Sabe, Marco, que me lembrando da Ilha de Itaparica, eu ia mesmo fazer essa pergunta clássica: "o que é então, nativo do Brasil?"
Abraços, bom fds.

Armando disse...

Grande, Marco! Parabéns pela sua merecida indicação. Quanto à bananeira, achava que era nativa nossa... me deixou curioso, rs. Abraços.

Fernanda disse...

Nossa, não sabia que o coqueiro e a manga não são do Brasil... Lendo o Antigas Ternuras e aprendendo... rs rs...

Bom, Marco, eu indiquei o seu blog para o Troféu Blog Cultural! Acho que o seu blog é um dos que mais nos informam sobre diversas curiosidades!!! É merecido!!!

Kisses

http://fernandaruiz.com

luma disse...

Boa semana!! Beijus, Luma

Márcia(clarinha) disse...

Semana linda amigopratodavida!
beijoss

Fernanda disse...

O Antigas Ternuras merece esse prêmio!!!

Kisses

http://fernandaruiz.com

Lara disse...

Oi querido!!
Adorei o post! Não tinha noção de nada disso!
Olha você mereceu o título que recebeu! Se estivesse na brincadeira seria meu primeiro indicado!
beijos

Caue disse...

Não encontrei outra maneira
de falar isso, Então vou postar aqui... É que na verdade o coco nao foi trazido por colonizadores,
talvez também, mas o coco encontrou no oceano uma maneira de se espalhar pelo mundo; sim, é verdade que os primeiros são asiáticos, porém não podemos negar que já havia cocos no Brasil antes dos portugueses chegarem, pois esse fora trazido, boiando pelo mar e assim se reproduzir pelo mundo Todo, como também no Havaí..

Abraços