quarta-feira, julho 19, 2006

Levanta o mouse quem lembra! (Volume III)


Prosseguindo com a séria série “Antigas Ternuras em reclames”, trago mais um post sobre os eternos comerciais que sempre recordaremos.
No Volume II (logo aí, abaixo), prometi contar a história do célebre comercial dos cigarros Luiz XV (que nem existem mais...) utilizando a canção “The Closer I Get To You”, que continua tocando na Rádio Antigas Ternuras.
*

Em plenos anos 70, numa noite, em pleno horário nobre (se não me engano, foi num intervalo da novela das oito), o país assistiu, encantado, a um filmete de um minuto (!!!), onde um casal, em roupas diáfanas, passeava por um jardim muito bonito, num clima pra lá de romântico, ao som de uma música belíssima. A fotografia era difusa, o que dava um ar etéreo ao filminho. A gente vendo aquele comercial, ficava se perguntando: “Mas é propaganda de quê? De roupas? De absorvente íntimo? Um lançamento imobiliário?” No finalzinho daquele minuto, aparecia um maço de cigarros e a voz do locutor: “Luiz XV – O prazer de fumar” (não tenho certeza se o slogan era esse, mas era algo assim). Nos outros intervalos, repetiram o comercial de um minuto (sabe lá o que é i$$o?) e, nos dias seguintes, apresentaram uma versão editada nos 30 segundos regulamentares. Mas sempre naquele esquema: música, belas imagens, produto no final.
*

Lembro que correu uma história de que aquele comercial fez vender muito disco da Roberta Flack & Donny Hathaway, mas não vendeu muito cigarro. Um dia, quando fazia pós-graduação em Marketing, perguntei a um de meus professores (que era publicitário) se aquela história era verdade. Ele garantiu que era lenda, que o comercial (ele chamava de "peça") tinha feito disparar as vendas da tal marca de cigarro. Eu retruquei: “Mas fez vender muito disco também...Eu próprio comprei o compacto simples com a música.” Ele disse que isso às vezes acontece.
*
Bem, lenda ou não, a história é essa. O comercial fez história por apresentar o produto daquela forma sofisticada, praticamente sem falar nada sobre suas características.
*

Outro comercial que deve trazer lembranças aos quarentões é o do Jeans US Top, que foi feito na mesma linha (e mais ou menos na mesma época) do célebre jingle da Pepsi (que eu mostrei no Volume I). Jovens passando uma idéia de liberdade, em plena época da ditadura militar.
*
Liberdade é uma calça velha
Azul e desbotada
Que você pode usar
Do jeito que quiser
(Não usa quem não quer)
US Top
Do jeito que quiser...
*
(Não consegui nenhum arquivo com este jingle)
*
Um outro comercial me traz grandes recordações. Alguém lembra?

Nescau tem gosto de festa
Dá mais vontade de brincar
Nescau dá força e alegria
Dá mais desejo de estudar
O novo Nescau é instantâneo
E se prepara sem bater
Nescau é vitaminado
Pra criança fortalecer!
Nescau, Nescau, Nescau
Parará-timbum!
(Para ouvir, clique aqui e depois no título do jingle. Antes de tocar o comercial, tem uma rápida explanação do publicitário Lula Vieira)
*
Acho fantástico esse slogan: "Nescau tem gosto de festa". Algo que tem gosto de festa só pode ser muito bom. Huuummm...Talvez eu faça um post participativo perguntando: "O que vocês acham que tem gosto de festa?"
Eu sei o que tem gosto de festa pra mim...
*
Na época desse comercial, na rua onde eu morava, inventaram um sistema de punição baseado nesse jingle. Se alguém falasse ou fizesse alguma merda, a rapaziada cercava a vítima e cantava: “Nescau, nescau, nescau...parará-timbum!” No “timbum”, desciam o braço no infeliz para ele deixar de ser besta.
*
Esse é um pouco mais moderninho, acho que muita gente vai lembrar. Eu, cantor profissional de banheiro, já cantei essa musiquinha trocentas vezes enquanto lavava o meu corpinho sensual:
*

Apanha o sabonete
Pego uma canção e vou cantando sorridente
Duchas Corona, um banho de alegria
Num mundo de água quente
Apanha o sabonete
Abro a torneira e de repente a gente sente
Duchas Corona, um banho de alegria
Num mundo de água quente
Apanha o sabonete
É Duchas Corona dando um banho em tanta gente
Duchas Corona, um banho de alegria
Num mundo de água quentchiiiii!
(Para ouvir, clique aqui)
*

E pra terminar, vou lembrar um jingle que eu não consegui achar em nenhum site, mas tenho certeza de que muita gente lembra dele. E fica também como uma homenagem a uma grande amiga que fiz no Teatro, amiga mesmo, de verdade, que me deu muitas oportunidades. Hoje ela é uma das estrelas do céu. É dela a voz dessa musiquinha que toda criança de “alguns” anos atrás deve lembrar. Estou falando da minha queridíssima Nádia Maria (foto à esquerda) e o jingle é esse aqui:
*

Plá-Plé-Pli-Pló-Plus Vita, Plus Vita
Na nossa mesa tem Plus Vita todo dia
(Plus Vita na mesa todo dia)
Por isso é que lá em casa todos vivem
Com mais saúde, mais alegriaaaaaa!
*
Pois é, meus caros... Eu poderia fazer uns dez volumes só com propagandas de minhas antigas ternuras. Mas acho que o assunto já rendeu. Pode ser que mais tarde eu o retome. Por hora, ficamos por aqui. Os mais novos que me dão o prazer de ler meus textos, em algum lugar no futuro, lembrarão de alguns comerciais que estão passando na TV atualmente e contarão para os jovens como era gostoso ouvir e ver aquelas musiquinhas que têm a função de nos fazer consumir determinado produto, mas que, por suas qualidades, acabam se incorporando ao nosso tesouro de recordações.
M.S.
*******************************************
Na Rádio Antigas Ternuras você continua ouvindo “The Closer I Get To You”, na voz de Roberta Flack e Donny Hathaway. Ouve só: ... The more you make me see...
*******************************************
Caramba! Daqui a pouco o blog alcançará o 10.000 visitante! Quem será o escolhido para fazer a visita cravada neste número?
*******************************************

A Nancy, do belo blog Lua em Poemas, conferiu ao Antigas Ternuras o selo "Award Lua em Poemas". Ei-lo. Obrigado, amiga. O Antigas Ternuras se sente honrado e agradece pelo seu presente.

24 comentários:

Vendetta disse...

Oi Marco!!!! Tudo bom? Tem umas coisas aí que não lembro não... ou era muito nova, ou nem tinha nascido (hihihi). ei, corre lá no meu divã pra ver o novo template que eu ganhei! É um convite, meu amigo. beijão!

Claudinha disse...

9998... Quase...

Marco, que bom lembrar deste comercial. Eu estava na oitava série em 78 e começava a sonhar em ser gente, em namorar. Esta música foi tema de muitos sonhos. A tradução dela é linda também. E a uéstóópiii, desbote e perca o vinco... ah que saudade... Você nos delicia com suas ternuras...
Sobre o que tem sabor de festa? Ah, tanta coisa... Daria uma carta imensa, rsrsrs. Beijos!

Claudinha disse...

Ah! VOLTEI SÓ PARA SER A 10.000!!!
Agora quero o prêmio!
Beijos!

Mutatis Mutante disse...

Cara , essa trilha sonora de hoje é demais de boa. E quanto ao efeito vender discos , diz-se que , em Portugal , após
divulgarem a propaganda do caubói da Malboro , aumentaram a venda de chapéus e cavalos... :D

Abração!

M.Eduarda disse...

Gente!! Esse comercial do Nescau me lembrou demais o meu pai. Ele fazia essa pequena "punição" comigo.
Quando ele já vinha cantarolando "Nescau tem gosto de festa..." Eu já ficava desesperada! hahahaha
beijão!

M.Eduarda disse...

Marco acabei de ler o seu comentário lá no blog e adorei. Você está certíssimo.. agora está batendo aquele arrependimento, sabe? Mas vamos ver se a vida me concede uma segunda chance!

beijos

Nancy Moises disse...

Querida adorei sua visita, vc poderia me mandar o endereço completo do blog quero ler sobre o Anjo serafim Ok?Ofereço a vc o award Lua em Poemas( cliq no selo preto na lateral de meu blog e pegue-o é o primeiro ok?

Ana Carla disse...

Rs... esse do Luis XV marcou época!! Depois fizeram outros, teve um com a música "O POrtão" do Roberto Carlos, lembra? Mas esse foi o melhor! Beijo, Marco!!

Fugu F. disse...

Delícia total esta série! Bobagem pensar que toda publicidade faz mal ou é mal intencionada. Lembro bem da calça azul e desbotada, que tentava fazer concorrência comercial à calça que tinha sido gasta naturalmente. O que, aliás, dava um bom tópico ... rsrsrs O tempo em que a moda era usar a nossa história em forma de roupa. A calça que tinha sido moldada no corpo em viagens no trem da morte, amaciada em acampamentos, rasgada correndo da polícia na Cinelândia ... Homem de deus, você está me deixando nostálgica demais ... rsrsrs Beijo você com beijos antigos, meu amigo novo!

Lena Gomes disse...

Hello! Ainda não vim ler os posts, vim te deixar um beijo especial pelo dia do amigo, e parbenizar pela vitória em cima dos bacalhosos... vcs são muito sortudos... e eles, o q dizer, né? Um beijão!!!
Será q fui a 10.000??? Deixa eu ir conferir...

Janaina Staciarini disse...

De acordo com o Gonzaguinha, o que tem gosto de festa é Feijão!!
Dessa eu não me lembrava...

Claudinha disse...

Voltei para desejar um Feliz dia do amigo!
A amizade é a mão que nos ajuda a levantar, a caminhar e a nos encontrar dentro de nós mesmos...
Beijo.

Yumi Yabiku disse...

Puxa, querido... não lembro de nenhum! =/ Mas que coisa. Um beijoooooooo!

Samara Angel disse...

oieeeeeee,vc é um doce de pessoa ,que musica lindaaaaaa,voltei ao passado ,brigaduuuuuuuuuuuu,por existir e estar na minha caminhada,vim te dar um abraçãooo e mil beijinhos nesse dia do amigo,brigaduuuuuuuu,por ser meu amigo,te adoro,bjsssssss

Ana Carla disse...

Acabei de saber que hoje é Dia da Amizade. Um beijão especial, então!!

Lili disse...

Por um lado acho até bom você terminar a série, pois já estava quase pendurando meu mouse no teto... Fiz um ótimo download do passado. Um abraço e ótimo fim de semana!

Márcia(clarinha) disse...

Marco querido,
meu acrinho pelo dia do amigo comemorado ontem, não pude vir mais cedo, mas te gosto muito viu?
Caraca!! Tô véinha mesmo, lembrei de todos os comerciais e lembro muito da Nádia Maria e de sua risada que me fazia rir muito,rsssss
Deliciosas ternuras por aqui..
O que tem gosto de festa? Hum, só posso dizer ao pé do ouvido,mas te garanto que é bommmmmmmm,rss
Dia lindo querido,
beijosssssssssssss

DO disse...

Marco,vc conseguiu fazer-me lebrar que até fiz um trabalho na faculdade sobre o LUIS XV,hehehe
Poxa,muito legal este post.
Grande abraço!!

Cristiano Contreiras disse...

The Closer I Get To You é a trilha de adolescente de meus pais e me marcou bastante!

Marco Santos disse...

Queridos camaradas! Obrigado pelos votos de Feliz Dia do Amigo. Desculpem-me por não ter visitado vocês e retribuído. Mas ontem, passei um Dia do Amigo muito triste, como você podem ver no post Teatro de Sombras. Mas vamos aos comentários:

Querida Vendetta: Já vi a sua nova casinha, está linda! Parabéns!

Minha doce Claudinha: Êêêêê!!!! Você é a visitante número 10.000!!!! Acho que vou fazer um sêlo com os dizeres: "Eu fui o 10.000o. visitante do Antigas Ternuras!" Ré! Ré! Ré!...
Muito obrigado por sua amizade, pelo seu carinho, por ser alguém tão especial com quem aprendo muito a cada dia, a cada linha que eu te leio. A amizade é a forma que Deus criou para experimentarmos aqui na Terra as delícias do céu, e não ficarmos muito nostálgicos de lá.

Grande Bruno Mutante: Eu não me canso de ouvir essa música. Saudades...Muitas saudades...
Ei! Boa essa do Marlboro em Portugal! Rá! Rá! Rá!...

Querida Eduardinha: Arrá! O seu pai sabia o que era ter gosto de festa! E pense no que eu te escrevi: não perca as oportunidades que a vida te apresenta.

Querida Nancy: Já te escrevi o endereço do blog que falei. Pode ir lá que é DEZ! DEZ Milhões! Tentei botar o seu selo, mas não consegui. De qualquer forma, muito obrigado pela sua gentileza.

Querida Ana Carlinha: Arrá! Lembrou do comercial com "O Portão", não é? Eu também lembro desse... Puxa, essas antigas ternuras fazem a gente quase sair voando por aí...


Doce Helena: Os bacalhosos estavam soltando foguetes, cantando hi hop, esqueceram de jogar futebol. mas estou calçado com as sandálias da humildade. Ainda não ganhamos nada.

Olá! Prazer, Janaína! O comercial do Nescau é anterior à música "Feijão Maravilha" do Moleque Gonzaguinha. E eu gosto de ambos!


Querida Fugu: Ficou nostálgica? Mas que ótimo! Esse é o meu objetivo por aqui. Era uma delícia aqueles comerciais de antigamente, não é?

Yumi, parceirinha! Não fique triste. Este seu amigo é um tiquinho mais velho que você. Por isso tenho mais antigas ternuras na cachola.

Linda Samara: Puxa!...Obrigado por seu carinho e pela sua amizade! Que gracinha, você. Espero que tenha tido um Dia do Amigo bem feliz, como você merece.

Querida Lili: Que legal que você curtiu, amiguinha! Fico muito feliz mesmo! Rá! Rá! Rá!...Pode despregar o mouse do teto...(adorei essa)

Querida Marcinha: Não tem do que se desculpar, meu anjo. Eu também não pude visitar todos vocês como gostaria. Ontem à tarde estava velando por um amigo, justamente no dia consagrado à amizade. Triste ironia...
Mas, que bom que você gostou e cantou junto e se lembrou de todos eles. Você não está véinha, não! Os outros é que viveram pouco!

Grande DO: Boas lembranças, né? Você estudou publicidade?

Grande Cristiano: Imagino que seus pais sejam da minha geração. Eles devem lembrar e curtir as cosias que relembro neste pedaço.

Valeu, moçada! Abraços e beijinhos e carinhos e ternuras sem ter fim. É bom ter Dia do amigo, mas é melhor saber que temos amigos TODOS os dias!

rubo jünger medina disse...

Esses comerciais devem ter marcado história. Pelo jeito, nasceram quase junto da TV aui no Brasil.
Abraços, Marco.

ballynha disse...

Vou fazer uma correção, na propaganda MARAVILHOSA do Cigarro LUIZ XV a musica tema era DO BARRY MANILOW (ready to take a chance again)que com certeza continua tocando nas radios e fazendo muito sucesso, a atriz era a LOUISE CARDOSO. Infelizmente não consegui achar em lugar nenhum esse video que na minha epoca fez muitooo sucesso. Abraços Nádia

SILVIO SALGADO disse...

Ohh Ballynha... Nao me recordo de outro comercial do LUIS xv , com musica do Barry Manilow..de ano é?

Beth Queijo disse...

houve um comercial do cigarro luis xv com a louise cardoso, mas a música eu não lembro qual era, só me lembro que atingia una agudos incríveis. Fui apaixonada por esse comercial por anos!!!no youtube só ha um comercial do tal cigarro, mas não é a que eu mais gostei....