quinta-feira, janeiro 05, 2006

A TV que te viu


Estava eu zanzando pela Internet, quando me deparei com um site que me fez sentir os sabores de um pirulito de chocolate Kibon, misturado com um copo de Crush geladinho, arrematado com um punhado de biscoitos salgadinho Piraquê.
Querem saber o que me provocou todas estas "madeleines"? O site
Mofolândia.
*
O nome é meio esquisitão, mas o conteúdo... Se você tem mais de 30 anos, em algum momento você vai fazer "hummmmm...", quando explorar o site. Agora imagina o rapaz aqui, declaradamente admirador de antigas ternuras, se deparando com fotos e curiosidades de séries como: "Aventuras Submarinas" (vou confessar uma coisa a vocês: quando eu via este seriado queria ser o "Mike Nelson" quando crescesse. Cheguei a pedir para a minha mãe me matricular num curso de mergulhador), "Agente Fantasma" (meus vizinhos sofriam com aquele moleque "ninja" que vivia trepando nos muros, aparecendo subitamente na frente deles...a gente faz cada uma quando é criança, não é?),

"Guerra, Sombra e Água Fresca" (Quem se lembra do capitão nazista gritando, irado: "Hogaaaaaan!"), "Brasinhas do espaço" (este era um desenho. Lembram do "Escoteiro", "Sábio", "Xereta", "Jenny" e o cão "Estrelinha"?), "Carangos e Motocas" (Outro desenho. Willie contra a Turma do Chapa. E o bordão: "Eu te disse, não disse? Eu te disse, eu te disse...").
*
Pois lá tem tudo isso e muito mais!

Lá, fiquei sabendo de informações absolutamente úteis para a minha vida.
Vocês estão rindo? Como é que eu nunca pude perceber o que a "Endora" (mãe da "Samantha", a Feiticeira), a "Wilma Flintstone" e a "Maureen Robinson" (a mãe da família do "Perdidos no Espaço") têm em comum? Vocês sabem?

A dubladora.
Todas foram dubladas por Helena Samara. Depois que eu li a entrevista dela no site, onde ela revelou os personagens que dublou, passei mentalmente as vozes deles na minha mente e vi que era óbvio. Só eu não tinha percebido.
*
Ah! O site também tem uma coisa que eu adoro.
Trívia.
Das 20 perguntas da seção, só acertei 6. Meio fraco, né? Vai lá e vê se você faz um escore maior e depois me conta.
*
Acreditem: o site merece uma visita prolongada. Depois que eu saí dele, desliguei o computador e várias musiquinhas daquela época começaram a tocar nos alto-falantes da minha mente. E eu passei o resto da tarde contarolando coisas como:

"De noite ou de dia
Sempre no volante
Vai pela rodovia
Bravo Vigilante..."
M.S.

14 comentários:

carla disse...

Oi Marquito. Bem, para nós que somos chegados a uma lembrança, o site parece ser magnifico. Estou indo lá e depois te digo o que achei. Um grande abraço pra vc. Felicidades!

claudia disse...

Cantarolou à tarde toda...hem!!!
Boa Vida(rsrs) brincadeira

Vai neste que vai gostar.
http://purviance.zip.net.
Me lembrei de vc.
Ela foi me visitar e eu fui retribuir.
Tem uma coisinhas antigas por lá.
Vai gostar, tenho certeza.

Beijo no coração

claudia disse...

a propósito
as letrinhas fizeram as pazes comigo.

Paulinho Patriota disse...

Grande Marco:

Morri de rir com tua resposta quanto ao "2 Filhos de Francisco". Com isso,ganhei o dia.

Quanto ao site indicado,vou lá,voando,agorinha.

Suspiro antiga ternura da minha infância: "Daniel Boone"...

Abraços agradecidos.

Marco Santos disse...

Carlinha: Tenho certeza de que você vai gostar do Mofolândia! Beijão!
Claudinha: Eu vivo cantarolando, meu bem. Você me recomendou o blog da Carlinha, essa que deixou o comentário acima do seu...Ela provavelmente foi te visitar depois de ter visto o seu comentário aqui. Já nos "conhecemos" faz tempo. Se você reparar na minha coluna de links "Outras Palavras" vai encontrar o do "Purviance". Lá no dela tem o link para o meu também. Aproveite e faça uma visita ao conterrâneo dela, o Paulinho grande Patriota. O cara é DEZ!
E por falar nele...Vai lá sim, meu amigo. O Mofolândia recebe em média uns dois mil visitantes por dia. Todos ávidos por rever antigas ternuras. Aí, Claudinha, o Paulinho vai me fazer cantarolar o dia todo a musiquinha: "Daniel Boone was a man/Yes a biiiiiiiig man!/With an eye like a eagle/And as tall like a mountain was heeeeeeeeee..."

claudia disse...

Descobri...

Sou a rainha do fora...rsrs
Não tinha notado que a moça já era sua conhecida...

Sou avoada pra caramba...

rsrs...
Mas é legal o blog dela né...rs
beijo coração

Paulinho Patriota disse...

Grande Marco

Não é retórica vazia: Você espalha amores-perfeitos por onde passa,pois revela-se um daqueles seres humanos insubstituíveis; nada tão irrepreensível como teu respeito aos visitantes desta mansão.

Por favor,amigo,igual a outras pessoas como ti,às quais eu me afeiçoava imenso tanto pelos blogs de qualidade original que as mantinham quanto pela reciprocidade porreta,Você,um dia,delete este ANTIGAS TERNURAS para desgosto dos que têm bom gosto. Não há perigo,né?

Até o próximo post...

Abração sabatino.

Marco Santos disse...

Claudinha: você só é distraída, meu bem. Aliás, característica dos bons poetas, como é o seu caso.
Paulinho grande Patriota: Não sou essa Brastemp toda que você escreve, mas obrigado pela sua amizade. Você é o que se chama de "pessoa rara".

Paulinho Patriota disse...

Complementando o comentário anterior. (Ai,Jesus,comentar de madrugada de pálpebras semi-mortas exige tripla atenção.) Perdão,Marco & turma:

Por favor,amigo,igual a outras pessoas como ti,às quais eu me afeiçoava imenso tanto pelos blogs de qualidade original que as mantinham quanto pela reciprocidade porreta,tenho receio que Você,um dia,delete este ANTIGAS TERNURAS para desgosto dos que têm bom gosto. Não há perigo,né?

Um grande abraço sabatino "for all"!

Paulinho Patriota disse...

Agradecendo por aqui também:

Grato pelas tuas meigas palavras sobre o ZOOM,Cláudia,no e-mail enviado...

Pena que Você não tenha um blog,pois terias um link imediato por meu humilde espaço.

Beijão!

Paulo Assumpção disse...

Salve, salve, meu caro Marco! Bom vê-lo de volta à ativa! Há muito a comentar por aqui. Então, como o velho Jack, vamos por partes. Sobre o Mofolândia, eu já havia folheado o livro (segue o estilo do "Almanaque Anos 80"), mas ainda não conhecia o site. Dei um pulinho lá, após ler a sua indicação, mas saí correndo. Não que não tenha gostado do que vi. É que, se eu deixar, fico por lá e não faço mais nada nesta vida. Se bem que não encontrei muita coisa da "minha época". Hehe! O fato de também só ter feito 6 míseros pontinhos na trívia, só comprova esta minha última afirmação. ;-)
Quanto às listas, você está, como sempre, corretíssimo ao frisar que os seus melhores ou piores são SEUS! Infelizmente, nem todos compreendem que estas listas são sempre subjetivas (mesmo as dos críticos profissionais). Mesmo assim, as suas estão muito próximas das minhas opiniões. Levando em consideração apenas o que assisti, é claro! Por exemplo, o meu filme nacional de 2005, como sabe, é "Cinema, Aspirinas e Urubus". Talvez por não ter assistido ao aclamado "Vinícius". Aliás, confesso que vi pouquíssimos filmes brasileiros no ano que passou. No mais, penso que o "Pipoca Fumegante" e o "Refrigerante Sem Gás e Sem Gelo" - adorei os nomes! - estão em boas mãos. Aproveito também para agradecer mais uma vez por ter atualizado o link para o Cinelândi@, "agora, em nova fase" (boa essa também!). Peço ainda que me envie novamente aquela imagem que pretendia colocar na parte do título do Antigas Ternuras e as indicações de como gostaria que aparecesse no blog. Me desculpa, mas não sei onde salvei o e-mail que mandou a respeito desta nossa última "aula". É o seu "Personal Teacher" fazendo juz ao "Professor Aloprado". Ufa...! Como diria o Gaguinho, "por enquanto é só, pe-pessoal!" Nos vemos (de verdade!) no casório da Luciana!

Paulo Assumpção disse...

Acabei de ler o seu último comentário no blog da Carla. Até tu, Brutus?! Está insatisfeito com o trabalho do Personal Teacher?! :-D

Evandro C. Guimarães disse...

Como sou motor 3.1, boa parte dos programas lembrados no site não são da minha época! hehehe!
Outras como Flinstones e A Feiticeira eu lembro bem! Tá certo, eu era bem novinho, quase de colo, mas isso não vem ao caso!São boas lembranças, com certeza.
Todos os últimos posts estão devidamente comentados.
No outro post você criticou as animações japonesas. Estas imbecis de hoje mercem críticas. Mas não se esqueça de clássicos como a fantástica Patrulha Estelar(Yamato)!

Marco Santos disse...

Até que enfim os premiados apareceram nesta humilde mansarda para enche-la de luz e honra!
Para ser mais "muderno", façamos como em "Massacre da Serra Elétrica": por partes.
Meu personal teacher: Confesso que andei seriamente pensando em te dar uma "justa causa" por abandono de serviço. Afinal de contas, você fez que nem o gorila da piada: sumiu, não escreveu, nem telefonou...
Mas, como você mora no meu coração e me ajudou muito neste meu modesto blog, resolvi mante-lo no emprego.
Antes de você me escrever este comentário, já tinha lhe reenviado a imagem e o que desejo.
Eu vi o livro Mofolândia também. Estava fazendo uma horinha para entrar no cinema. Mas não o folheei como gostaria. Uma hora dessas eu dou uma conferida. Agora, o site é excelente. O cara recebe mais de duas mil visitas por dia. Não sou o único a gostar de uma antiga ternura.
Você não encontrou muita coisa de sua época por que ele se dedicou aos seriados e desenhos mais antigos. Que, aqui para nós, eram mais interessantes que os atuais.
Você entendeu bem os objetivos e motivações dos prêmios "Pipoca Fumegante" e "Refrigerante sem gás e sem gelo". E que toda crítica, mesmo a profissional, dos jornais, é "apenasmente" (como diria o Odorico Paraguaçu) uma opinião.
No mais, como você disse, na próxima sexta estaremos cara a cara. Será o encontro do Cinelândia com o Antigas Ternuras que também encontrará o Penedo da Saudade. A terra vai tremer!
Evandro: Aliás, você poderia ir também ao citado casório. Eu ficaria muito feliz em conhecê-lo face a face também.
Embora você seja moço novo, deve ter pego as reprises dos famosos seriados e desenhos dos anos 60, 70 e 80. Ou só eu que sou "velho" aqui?
Os desenhos animados japoneses a que eu me refiro são estes poços de violência que aparecem na TV HOJE em dia. Não estou falando, obviamente, em Speed Racer, Oitavo Homem, e ao seu querido Patrulha Estelar. Tente ver Pokémon, por exemplo, e me diga se eu não tenho razão.
Obrigado pela presença dos dois premiados do Omnicam 2005.