quarta-feira, novembro 16, 2005

Náufragos de todos os oceanos


A Revista do Globo tem uma seção (Íntimo e pessoal) em que se faz as mesmas perguntas para entrevistados a cada semana. Num domingo desses foi a vez de Hamilton Vaz Pereira, diretor de Teatro e membro do legendário grupo Asdrúbal Trouxe o Trombone. Na pergunta “quem você levaria para uma ilha deserta?”, ele respondeu:
- Os náufragos de todos os oceanos.
Bonita essa frase! Ela contém uma bela imagem. Penso que ela daria um bom título para um conto ou uma poesia. Algo assim:
Tem noites em que dentro de mim
Uivam todos os lobos da floresta
Cantam todas as sereias da Grécia
Faz-se todo silêncio das pedras.
É quando eu,
Bêbado de esperança,
Grávido de paz,
Estendo a mão aos
Náufragos de todos os oceanos.
E deixo que eles saibam
Que estou aqui.
Sempre,
Sempre...
====================
Este post é dedicado à minha amiga Claudia, do belo e poético blog Oxigênio. Não sou tão talentoso quanto ela, mas estou me esforçando...
M.S.

11 comentários:

Helena, tricolor de coração! disse...

Nooooooooooooossa, o dia q vc for talentoso, me avisa, ok??? Se esse aí eu já amei, imagina quando você melhorar??? Hehehe... deixa de modéstia rapaz, vc escreve "bem pra dedéu", pra usar uma expressão "das antigas ternuras"... Muito lindo mesmo. Parabéns. Eu tb gosto de ler a revista do Globo... quando sobra um tempinho, claro. Olha, meu humor anda variando muito. Mas pra vc, está sempre bom, ok? Um abraço!

Paulinho Patriota disse...

Marco,meu grande:

Nenhuma sirena faria adernar teu barco poemático...

Louros para: "Bêbado de esperança,
Grávido de paz".

Uma quinta-ferira bem boa para todos.

claudia disse...

não entrou o comentário que eu fiz?

celina disse...

muito bom, muito bom, muito bom.
talento é isso: pegar uma frase (bela frase, aliás) e criar com/por ela algo ainda mais belo. não canso de reler e pensar: muito bom, muito bom, muito bom!

Marco Santos disse...

Heleninha, minha doce: quero o seu humor brilhando, lá no alto, fazendo inveja ao sol.
Paulinho grande Patriota: Meu barco poemático se sustenta nos remos de amigos valorosos como você.
Claudinha: parece que está havendo alguma incompatibilidade entre o seu computador e o Blogger. Que pena...
Quem-de-direito: Já respondi em seu belíssimo blog.
Beijos a todos.

Osta Nervosa disse...

oi!!
Lindo!!!Muito lindo!!!
Vc tem muita sensibilidade!
Vou te linkar!
Beijos

Evandro disse...

Rapaz, voltei a frequentar seu blog na hora certa! Também escrevo umas poesias, mas não sei se chego a voar tão alto.
Será muito interessante se este teu lado poeta ganhar mais espaço por aqui!
Um grande abraço! É muito bom retornar ao convívio no Antigas Ternuras!

Ronie disse...

Caraco, ninguém fala mal!!! Só elogios? Também, 'bêbado de esperança', grande sacada. Vê se escreve alguma coisa ruim prá poder te detonar. Acho que até o alemon está emocionado.

Marco Santos disse...

Querida Ostra: Obrigado. Também vou colocar um link para a sua ótima página.
Evandro: Até que enfim, rapaz! Que bom te ver de novo por aqui. E li também a sua resenha no Cinelandi@, já até comentei. Eu escrevia poemas há algum tempo. Do jeito estimulante que os amigos estão se manifestando, vou acabar voltando a escrever!
Ronie: Ué! Se o povo elogia, deixa elogiar! Se você quiser descer a mamona, também pode. Aqui, os amigos podem tudo. Quanto ao alemón, acho que quando ele ler este post vai escrever alguma gracinha. Tudo bem. Também faz parte. Você gostou mais do "bêbado" ou do "esperança"?

Paulinho Patriota disse...

Congratulações para tua mãe,meu caro. Que ela seja sempre ladeada pelo Amor Maior. Abraços.

Marco Santos disse...

Obrigado, Paulinho grande Patriota. Vou retransmitir pra ela. (A comemoração vai ser hoje à noite). Abração!