segunda-feira, junho 06, 2005

Passagem para o prazer

O Miguel Falabella costuma dizer que "Botafogo não é bairro; é passagem". Pois está virando um ótimo bairro, como referência cultural. Atualmente, averdadeira Cinelândia é lá, pela grande concentração de cinemas: 22 - destaque para o Unibanco Arteplex. Tirando os três do Rio-Sul, todos os outros estão próximos, o que significa dizer que a distância entre eles pode ser percorrida a pé. Uma grande vantagem na hora de decidir o que assistir. A Barra da Tijuca ainda tem mais salas - 41 telas, todas em Shoppings. Entretanto, de um cinema para outro, só de automóvel. E Botafogo não oferece apenas cinemas. Tem ótimos restaurantes - só para dar uma idéia, lá foi criado o "Bota na mesa", polo gastronômico com 23 restaurantes associados. Tem ainda três teatros. O Poeira, das atrizes Andrea Beltrão e Marieta Severo, na Rua São João Batista (inaugura em breve); a sede da Cia. de Teatro Contemporâneo, do nosso querido DinhoValladares, ali na Conde de Irajá; e o Espaço Café Cultural, na SãoClemente. Sem contar o Canecão, onde acontece algumas peças no estilo grande produção.
Para quem quer dar um mergulho no passado ou simplesmente sentar debaixo deuma árvore e ler um livro em paz, acompanhado pelo canto de pássaros, é só dar uma chegadinha na Casa de Ruy Barbosa, na São Clemente.Gosta de um pão quentinho e no capricho?
Visite a Golden Bread (o nome é cafona mas tem pães maravilhosos!), também na São Clemente, próximo à Casade Ruy.
Claro, Botafogo não é um bairro perfeito. Tem um trânsito infernal nas três grandes avenidas - São Clemente, Voluntários da Pátria e Mena Barreto. Lá também está a sede do canil alvinegro, aquele time de futebol que leva o nome do simpático bairro. Se você tem bom gosto, não vai nem olhar para aquela casa amarelo-mijo, próxima ao Canecão. Apesar destas desditas, Botafogo não é só passagem. No mínimo, podemos dizer que é uma passagem para o prazer.
M.S.

4 comentários:

Lula disse...

Não preciso nem dizer que, muito ao contrário, o Flamengo não serve prá p* nenhuma...

Marco Santos disse...

Serve, sim, mano Luiz. O bairro do Flamengo é o berço do Clube de Regatas do Flamengo, glória e orgulho do Brasil. Hoje, a sede do Mengão está em outro bairro, como você e todo o planeta já sabem. E para o seu governo: um imóvel no Flamengo é mais valorizado do que em Botafogo. Exatamente como no futebol, você não acha?

Helena disse...

Calma, não vamos brigar. Chegou uma tricolor pra meter o bedelho... não deixem o futebol estragar amizades, ok? Cadê o espírito esportivo de vcs??? Deixem os bairros fora disso...
Bjs. Marco, depois te escrevo. Espera passar o vendaval.

Paulo disse...

Como sou da paz e não dou a mínima para o esporte bretão, nem vou entrar na discussão desta página de comentários, mas apoio totalmente a sua defesa de Botafogo. Sonho morar lá. Enquanto isso não acontece, vivo procurando pretextos para estar naquele bairro. O que ultimamente ficou ainda mais fácil com o Arteplex.